CENTRO DE MONITORAMENTO DE DESASTRES DE MAGÉ OPERA 24H

O Centro de Monitoramento de Desastres de Magé (CEMDEM), localizado no quarto distrito, é totalmente informatizado e ligado aos sistemas de monitoramento estadual e federal das defesas civis. O CEMDEM atua monitorando as condições climáticas do município e envia alertas através de mensagens, via celulares, para as pessoas cadastradas.

O CEMDEM trabalha em parceria com o Centro Nacional de Monitoramento e Alarme de Desastres Natural, que instalou pluviômetros digitais no município. “O monitoramento trabalha 24h para conseguir antecipar um possível evento adverso, para que possamos retirar a população das áreas de risco antes de acontecer o desastre, fazendo com que minimizemos os danos humanos”, explicou o técnico de Defesa Civil, Arthur Castilho.

De acordo com a Defesa Civil, durante o período de normalidade, de abril a outubro, a equipe recolhe informações das áreas de risco fazendo o cadastro de todos os moradores, enviando mensagens sobre as condições climáticas atualizadas, e se necessário, alertas sobre possíveis desastres naturais.

O município possui dez blocos de sirenes que auxiliam no envio de alertas para que ocorra a evacuação das áreas de risco. “A sirene possui um protocolo de acionamento preventivo que, assim que os índices pluviométricos forem excedidos, ela é acionada iniciando o alerta de evacuação das áreas de risco”, finalizou Arthur.

A Defesa Civil recebe ocorrências através do número (21) 2739-4512, e para solicitar o cadastro os moradores devem discar 199.

Confira a relação de pontos de apoio e abrigos temporários: http://canalmage.rj.gov.br/protecao-e-defesa-civil/wp-content/uploads/sites/41/2019/02/Rela%C3%A7%C3%A3o-de-Pontos-de-Apoio-Defesa-Civil-Mag%C3%A9.pdf?fbclid=IwAR2LK8c-l8r61z-jBH8fBxJRL1dowTySewokTUr2VmE72-iRyekM0luFm-c.

Foto: Divulgação/SEMPDEC