EM ANO RECHEADO DE COMPETIÇÕES, FUTEBOL MAGEENSE CONHECE SEUS ÚLTIMOS CAMPEÕES DA TEMPORADA

O ano de 2018 ficará marcado na história do futebol mageense. Nesta temporada, o município se viu representado na Série C do Campeonato Carioca, onde o Mageense Futebol Clube conquistou o título profissional e sub-20. Mas o futebol regional não ficou para trás. A Liga Mageense de Desportos, com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade (SMELTULTI), promoveu a realização do Campeonato Mageense em sete categorias diferentes, onde já haviam sido coroados os campeões do sub-17, sub-20, adulto, veterano e master. No último sábado (22), foi a vez de conhecer os campeões das categorias sub-13 e sub-15.

As duas partidas foram realizadas no campo do Bonfim Futebol Clube. Na disputa do sub-13, o embate foi entre Marciano F.C. e Palmeira de Magé. Já a categoria sub-15 colocou frente a frente as equipes do Santo Antônio e Ponte Preta.

“A realização desses campeonatos é muito importante para o município. Agradeço o apoio do nosso prefeito Rafael Tubarão que assim como eu, entende que o futebol é um grande aliado na luta para tirar esses jovens de caminhos errados”, destacou Ramon Silva, presidente da Liga Mageense de Desportos.

“Além do que nosso presidente destacou, o Campeonato Mageense, principalmente nas categorias mais jovens, servem como celeiro de novos craques. Muitos jogadores que hoje estão aqui podem no futuro virem a ser atletas profissionais, carregando o nome de nossa cidade”, frisou o diretor de Esportes da SMELTULTI, Mário Silva.

Confira os campeões

As duas partidas disputadas foram bastante equilibradas, com os times buscando sempre o gol. Na categoria sub-13, Palmeira e Marciano empataram em 1×1 no tempo normal, levando a decisão para as penalidades máximas. E a equipe do Palmeira levou a melhor, com o placar de 5×4. O atacante Vitinho, que marcou o gol no tempo regulamentar, cobrou o pênalti que decretou o título da equipe alviverde.

“Eu não tenho palavras para descrever esse título. Consegui marcar o gol de empate do nosso time e ainda fiquei com a responsabilidade de cobrar o último pênalti. Trabalhamos muito por isso e felizmente conseguimos conquistar esse troféu”, disse.

A categoria sub-15 reservou ainda mais emoções. O Santo Antônio saiu na frente da Ponte Preta, mas sofreu o empate logo em seguida. Ainda no primeiro tempo, a Ponte Preta conseguiu a virada, em uma lance polêmico em que a torcida adversária reclamou de um possível impedimento no lance. Para piorar, o Santo Antônio acabou tendo que jogar uma parte do primeiro tempo e toda a segunda etapa com um jogador a menos, por expulsão. Mas a equipe foi guerreira e conseguiu empatar a partida, levando a decisão para os pênaltis. No fim, o título do Santo foi conquistado com um placar de 10×9 nas penalidades.

“É muita emoção! Muito gratificante conquistar mais esse título, principalmente da forma que foi, com muita luta, muita garra. É nosso quarto título no ano, de sete torneios que foram realizados. Muito bom ver o resultado que conseguimos alcançar com nosso projeto, parabéns para esses garotos, contou o emocionado técnico do Santo Antônio, Valmir Pimentel.

Fotos: Gerson Peres



Deixe uma resposta