MAGÉ QUER COMBATER SEDENTARISMO COM ATIVIDADES ESPORTIVAS E DE LAZER

Um estudo divulgado pela Organização Mundial da Saúde apontou que o Brasil é o país da América Latina que lidera o ranking de sedentarismo: 47% da população não pratica atividade física suficiente para se manter saudável. Mas em Magé a realidade é diferente, a Prefeitura está lutando para combater esses números, investindo em atividades para crianças, jovens, adultos e terceira idade.

Os seis ginásios poliesportivos são os locais ideais para quem deseja ter perto de casa, atividades gratuitas para uma vida mais saudável. Musculação, jazz, lambaeróbica, futsal, treino funcional, jiu-jitsu, ginástica, karatê, vôlei, ballet, capoeira, pilates e zumba estão sendo oferecidas com profissionais capacitados para o acompanhamento. Mas não para por aí, os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) realizam aulas de dança de salão e o Projeto Longevidade, voltado para a melhor idade e conta com pontos da ginástica em grupo espalhados pelo município.

“A prática regular de atividades físicas reduz o risco de diversas doenças. O esporte é prevenção e por isso estamos investindo numa melhor qualidade de vida para os nossos mageenses. Só nos seis poliesportivos temos mais de 2 mil pessoas realizando diversas modalidades gratuitas. Temos casos de pessoas perdendo 5, 10, 15 e até 20 quilos. Muitas saem da depressão e mudam de vida com esporte. As atividades são para todas as idades, quem estiver interessado é só se inscrever e sair do sedentarismo”, explicou o secretário de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, Rafael Rosa.

O esporte está por todos os lados em Magé, nas escolas municipais os professores de Educação Física estimulam a prática esportiva por meio de dinâmicas e campeonatos, como os Jogos Escolares e a Movimentação Inclusiva. Times de handebol, futsal e voleibol também estão recebendo investimento para garantir um futuro melhor aos nossos jovens e tirá-los do sedentarismo.

Para participar das atividades dos poliesportivos, os interessados devem procurar o ginásio mais próximo de sua residência, portando o RG, comprovante de residência, uma foto 3×4 e atestado médico para a ficha de inscrição. Já para a dança de salão, é necessário comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social mais próximo e buscar mais informações.

Fotos: Gerson Peres



Deixe uma resposta