PREFEITO REIVINDICA PARTICIPAÇÃO DO ESTADO NA SAÚDE DE MAGÉ

Para obter mais recursos e investimento na rede municipal de saúde em Magé, o prefeito Rafael Tubarão e a secretária municipal de Saúde de Magé se reuniram nesta segunda (8) com o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, para apresentar todo o trabalho realizado na cidade com recursos próprios.

“Não vou deixar investir na saúde e estou lutando para deixar cada vez melhor. Recebi uma rede degradada e não vou deixar de investir. Temos uma rede 100% própria e que hoje tem um investimento de recursos próprios de 51,34%, três vezes mais do que os 15% exigidos por Lei. Apresentei nossa estrutura e o trabalho realizado desde a reestruturação da Saúde de Magé, com a folha de pagamento em dia e dados que comprovam nossa realidade. Vim reivindicar um olhar especial do governo do estado para nosso município que precisa de uma unidade de alta complexidade e suporte para nossa rede”, afirmou o prefeito.

O secretário informou que vai enviar uma equipe para uma visita técnica à rede municipal de saúde, para buscar apoiar regionalmente para conseguir aporte na rede interregional e ampliar os estudos para aumentar os investimentos do Estado. “Vamos ampliar os estudos, atualizar as PPIs [Programação Pactuada e Integrada – são pactos, com o objetivo de garantir à população o acesso aos serviços de saúde].Vou buscar uma ajuda sistêmica junto ao governador”, completou.

Visita técnica da equipe do SES

A secretária Carine Tavares comemorou a abertura de portas do estado para se aproximar da rede de saúde mageense. E considera que “vai ser uma oportunidade muito importante. Nessa visita técnica eles vêm conhecer de perto nossa realidade. Somos um município que está no ‘miolo’ entre três regionais: Metropolitana I, II e Serrana, fazendo limite com Guapimirim, Teresópolis, Duque de Caxias e Petrópolis, absorvendo demanda. Com isso nossa rede de atendimento é inflada e sentimos o impacto de custear esses atendimentos com recursos próprios, não recebemos nenhum repasse por isso. E a equipe técnica poderá conferir nossa realidade e a partir dessa avaliação verificar como pode ajudar Magé”.



Deixe uma resposta