PREFEITURA QUER CONTINUAR AS OBRAS DA CASA DE SAÚDE

Intenção é ativar a unidade como principal hospital geral da cidade

O prefeito Renato Cozzolino e o secretário de Saúde Caio Sousa visitaram nesta sexta-feira (8) as instalações da antiga Casa de Saúde Nossa Senhora da Piedade que estavam em obra e foram embargadas pela justiça. O chefe do Executivo municipal manifestou o desejo de continuar a obra que foi iniciada pela gestão anterior e entregar o primeiro hospital geral da cidade.

“A Casa de Saúde é um marco para todos os mageenses, porque muitos nasceram aqui. O governo anterior iniciou uma obra de restauração, mas as pessoas que tiverem tempo podem visitar a obra e ver que ainda há muito trabalho pela frente”, explicou Renato Cozzolino.

A obra é uma promessa do ex-prefeito feita nas redes sociais de que entregaria a unidade pronta até o final do mandato, mas foi comprovado que a unidade não ficaria pronta a tempo, mesmo que a obra não tivesse sido embargada pela justiça em novembro de 2020.

“Tem uma série de problemas com o proprietário e com a própria Casa de Saúde. Precisamos sentar e ver o que é possível, porque a obra está embargada. Precisamos renegociar e chegar a um acordo para que a gente possa dar continuidade à obra e entregar esse hospital o mais rápido possível à população. O Hospital de Magé está inutilizado. Temos que dar outra opção urgente aos munícipes”, ressaltou o prefeito.

Para o secretário, a antiga Casa de Saúde é o local ideal para o hospital geral de Magé. “São aproximadamente cinco mil metros quadrados, é um hospital gigantesco e nós conseguiremos colocar todas as especialidades, abrir os centros cirúrgicos e colocar o hospital com ortopedia, pediatria e mais especialidades, porque temos espaço para fazer. Mesmo com toda essa situação de obra, falo com propriedade que com o estado que o município se encontra é a melhor estrutura na cidade. Vamos trabalhar sem parar e com seriedade para botar esse hospital para funcionar”, garantiu o secretário.

Fotos: Lucas Santos