PROFISSIONAIS DA ATENÇÃO BÁSICA COMEÇAM A RETORNAR APÓS VENCER A COVID-19

Entre os recuperados estão dez profissionais, entre médicos, técnicos de enfermagem, supervisores e agentes comunitários de saúde

0
240
Após recuperação, profissionais da USF Ilha comemoram o retorno ao trabalho.

A notícia da alta dos pacientes em Magé é um momento de alegria e emoção em meio a batalha diária contra a Covid-19. Sete agentes comunitários de saúde da família, três médicos, uma técnica de enfermagem e um supervisor estão recuperados e de volta ao trabalho.

Roberta Breves, uma das agentes comunitárias que se recuperaram, é uma das vencedoras e comentou a superação da doença:

“Comecei sentindo uma forte dor nas costas e logo depois veio falta de ar, febre e até desmaiei por duas vezes. Fui para o 24 horas de Fragoso e o médico pediu para fazer o exame para constatar realmente se eu estava com a Covid-19, e deu positivo. Hoje já recuperada, digo para as pessoas se prevenirem sim, porque a doença é desconhecida e surpreendente, cada organismo pode reagir de formas diferentes. Como agente comunitária, sempre peço aos meus pacientes que façam o distanciamento social, porque foi horrível esses 14 dias sem saber o que estava acontecendo comigo e sem saber se eu iria sobreviver”, contou ela que trabalha na USF Guarani III.

A agente comunitária Juliana Fernandes, da USF Ilha, também foi uma das que receberam alta após 14 dias se cuidando e comentou como foi difícil o isolamento social. Ela conta que começou “desenvolvendo sintomas bem leves como febre e muita dor de cabeça. No dia seguinte comecei a ser avaliada e com período de sintomas constantes fui encaminha da para fazer o teste. Dando positivo foi difícil dormir não sabendo como vai acordar. Quero dizer para vocês que não é fácil ficar isolado. É de extremo sofrimento, mas absolutamente fundamental. Tudo isso graças às orientações que recebemos no decorrer do tempo com nosso trabalho. Hoje também posso dizer que estou recuperada e venci essa doença”.

Magé chegou a marca de 162 casos recuperados da Covid-19. O município hoje contabiliza 472 casos confirmados e 56 óbitos. A recomendação da Secretaria Municipal de Saúde é que somente saia de casa quem tiver necessidade ou trabalhe nos serviços essenciais, e quando sair, use máscara. Manter os hábitos de higiene, usando principalmente água e sabão, e complementando com o álcool 70%, são as iniciativas fundamentais para se prevenir da contaminação pelo novo coronavírus.

Texto: Philipe Campos

Após recuperação, profissionais da USF Citrolândia comemoram o retorno ao trabalho.