PROJETO TURISMO DE BASE COMUNITÁRIA É INICIADO EM MAGÉ

Nesta segunda-feira (11), foi iniciado em Magé o Projeto de Turismo de Base Comunitária. O programa conta com cursos gratuitos de gastronomia; condução de visitantes; hospedagem; instrução de canoagem e confecção de lembranças turísticas que serão ofertadas por meio da iniciativa do ICMBio , APA Guapi-Mirim e ESEC da Guanabara em parceria com a prefeitura e universidades públicas. A ideia é incentivar o empoderamento local e a geração de renda sem trazer nenhum tipo de dano ao meio ambiente.

Lucimar Machado mora em Piedade e está participando do projeto para aprimorar seus conhecimentos. “Temos um projeto social onde cuidamos dos pescadores locais e realizamos ações em prol do meio ambiente. Oferecemos atividades físicas, horta comunitária e ajudamos a tirar crianças da rua. A expectativa para este projeto é muito grande e eu estou entusiasmada com o que vou colocar em prática”, falou.

A analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – IcmBio, Juliana Fukuda, esclareceu parte da programação do projeto. “Nesta semana vamos falar sobre educação ambiental e na próxima o assunto vai ser administração de microempreendimentos locais. Depois o tema vai ser o turismo de base comunitária. Essa turma é especial para os moradores de Magé e será finalizada em março do ano que vem, quando apresentaremos o resultado do trabalho ao mercado”. Juliana Fukuda está animada com a ação. “A expectativa é alta e estamos muito felizes com essa oportunidade. São oito anos tentando recursos para este projeto. Os resultados serão muito bons!”, acrescentou.



Deixe uma resposta