SAÚDE ENCERRA NOVEMBRO AZUL COM PALESTRA EM GINÁSIO

Em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a Secretaria de Saúde encerrou na manhã desta sexta-feira (30), a campanha Novembro Azul, que durante todo o mês conscientizou a população a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. A ação foi realizada no Ginásio Poliesportivo Natália Barreiros, para os mageenses que fazem parte da dança de salão do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Magé II.

Segundo a enfermeira da Unidade de Saúde da Família (USF) da Barbuda, Camila Leal, a orientação durante o mês foi direcionada não só para prevenção do câncer de próstata, mas de doenças como diabetes, hipertensão e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). “Os homens, raramente, procuram uma unidade de saúde, só quando estão com algum caso grave e na maioria das vezes não conseguimos a recuperação deles. Tudo isso ocorre por conta de um preconceito. Nossa orientação é para os homens que tenham mais de 45 anos, procurem uma USF para fazer exames, porque se acusar alguma coisa, eles começam o tratamento antes que a doença chegue em uma fase, onde a gente não consegue mais tratar”, explicou.

Na roda de conversa, a assistente social do Programa de Saúde do Homem, Roberta Bernardino, observou que a maioria do público era feminino e motivou as alunas a incentivarem os homens da família. “Nós viemos também conscientizar as mulheres, porque elas têm marido, filhos, sobrinhos e enteados. Se depender do homem, eles não se cuidam, então mostramos a elas sobre a importância desse incentivo dentro de casa, para que o parente procure uma unidade de saúde”, ressaltou.

A Secretaria de Saúde de Magé conta com o Programa de Saúde do Homem, responsável pelo atendimento especializado aos homens do município, no Centro Administrativo de Santo Aleixo. “Para garantir o atendimento aos homens que trabalham durante a semana, o ambulatório realiza atendimento com médico especialista, a cada 15 dias, aos sábados. O interessado precisa procurar a USF mais próxima de sua residência e agendar a consulta”, finalizou.



Deixe uma resposta