ÁGUA E SABÃO: O PRINCIPAL INGREDIENTE PARA COMBATER O CORONAVÍRUS

A simples combinação de água e sabão tem registros de 3 mil anos antes de Cristo, é poderosa arma para prevenção

Na busca constante pelo álcool em gel 70%, muita gente tem esquecido que a principal arma durante a pandemia de Covid-19 é antiga e barata. A simples combinação de água e sabão é a melhor estratégia para combater várias doenças infecciosas e até mesmo o novo Coronavírus.

Mas por que essa combinação funciona tão bem?

O que para muita gente pode ser um ato agradável, relaxante ou sem muita importância, lavar as mãos com água e sabão é altamente destrutivo para micro-organismos.

O sabão é uma mistura de gordura, água e álcalis ou sal básico. A receita usada atualmente é muito semelhante à registrada em escrituras antigas de 3.000 anos antes de Cristo, e por um bom e simples motivo: porque essa solução escorregadia cumpre seu papel, a limpeza.

O segredo está nas características de cada extremidade das moléculas de sabão, que têm cabeça e cauda. Quando se está lavando as mãos e as moléculas de sabão se encontram com gordura, enquanto suas caudas são atraídas por ela, a cabeça permanece na água. As forças de atração entre as cabeças e a água são tão fortes que levantam a gordura da superfície, de modo que ela é completamente cercada por moléculas de sabão, que a separam em pedaços cada vez menores, que então são arrastados pela água.

Esse processo é eficaz contra os vírus que causa a Covid-19?

Segundo especialistas, quando o Coronavírus está nas mãos, ele não consegue penetrar na pele, pois sua camada externa é levemente ácida, mas eles podem permanecer lá esperando a oportunidade de entrar no corpo por lugares mais vulneráveis. E é nesse momento que você pode interceptá-lo e destruí-lo, simplesmente lavando as mãos.

O sabão não apenas solta o vírus da pele, mas também faz com que o envelope viral se dissolva, de modo que essa capa seja atingida e o vírus fica desprotegido e morra metaforicamente (ele é, na verdade, desativado, pois os vírus não estão exatamente vivos).

Aí, a água leva os restos do que até 20 segundos atrás era uma séria ameaça à nossa saúde e de todos à nossa volta.

E você, tem lavado as mãos frequentemente?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Philipe Campos