CENTRO DE ESPECIALIDADES DE MAGÉ PASSA POR SANITIZAÇÃO

A ação faz parte do conjunto de medidas preventivas realizadas em diversas unidades de saúde do município.

184

Na manhã desta terça-feira (16), o Centro de Especialidades de Magé, no primeiro distrito, passou por sanitização. A ação faz parte do reforço das medidas preventivas a Covid-19.

Devido a pandemia, a unidade está com agenda reduzida, priorizando apenas atendimentos de urgência e emergência, e dispensação de medicamentos em alguns programas como a Comissão de Curativos e o Polo de Ostomizados.

Segundo o coordenador da unidade, Carlos Pereira, “alguns programas podem retornar às atividades em breve, mas as possibilidades ainda estão sendo avaliadas, como critérios para marcação, busca ativa dos pacientes e o reforço dos cuidados para não disseminação da Covid-19. Por isso a unidade foi sanitizada para que possamos em breve receber os pacientes da melhor forma, como sempre foi antes da pandemia”.

A desinfecção é extremamente eficaz, pois não se sabe ao certo quanto tempo o vírus que causa a Covid-19 sobrevive nas superfícies, mas tem comportamento semelhante ao de outros vírus. Cientistas americanos, de universidades e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), desenvolveram um estudo identificando a sobrevida do vírus em várias superfícies: aço inoxidável e plástico – 3 dias; papelão – 1 dia; cobre – 4 horas. Por isso, a desinfecção e limpeza devem abranger todos os possíveis locais contaminados, incluindo o chão, maçanetas, corrimão, interruptores de luz, superfícies de móveis, chaves, embalagens de produtos etc.

Além da desinfecção e limpeza das superfícies e objetos, a Secretaria de Saúde, recomenda que as pessoas só saiam em caso de necessidade, mantenham o afastamento social, uso das máscaras de proteção e higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool 70%.

Texto: Philipe Campos