COMEÇA A SEGUNDA ETAPA DA VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE EM MAGÉ

A segunda etapa da vacinação contra a gripe já teve início por todo o município de Magé, em todas as 42 USFs e no Centro de Imunização. Os grupos alvos dessa fase de imunização são profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais, crianças de seis meses a menores de seis anos, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários e professores da rede pública e privada.

O coordenador de Vigilância em Saúde, Daniel Martins, afirma a importância de que a população não deixe de comparecer aos pontos de vacinação, e sustenta que apesar de a vacina não proteger contra o novo coronavírus, ela faz com que o diagnóstico dos casos confirmados seja mais fácil.

“É uma vacina que previne contra o vírus da influenza, ela não previne contra o coronavirus. Mas previne contra outro importante vírus que mata tanto quanto. A pessoa estar prevenida nesse momento facilita o diagnóstico do paciente que apresenta sintomas respiratórios sugestivos de coronavírus”, disse.

O porteiro José da Silva trouxe seu filho, que é alérgico crônico, para tomar a vacina da gripe. Ele conversou com nossa equipe sobre a importância da imunização. “Primeiro eu vim, vacinei, e agora trouxe ele porque é alérgico, e quando ele tem gripe é muito forte. Depois que ele começou a tomar a vacina, nunca mais teve os sintomas tão forte”, contou.

Os pontos de vacinação terão horário especial para evitar aglomerações: de 8h às 12h, a vacina da gripe será ministrada, e à tarde as vacinas de rotina. A pessoa que faz parte dos grupos que devem se vacinar nesta fase pode levar quaisquer documentos que comprovem sua condição.

A vacinação dos grupos de risco teve início mais cedo este ano por conta da pandemia do novo coronavírus. Na primeira fase da imunização, que teve início no 23 de março, idosos e profissionais de saúde foram os focos da campanha. A segunda etapa se estende até o dia 9 de maio.