ESCOLA PRIVADA DE MAGÉ É AUTUADA POR DESCUMPRIMENTO DO DECRETO

Atendendo a denúncias de descumprimento do Decreto 3.338/2020 que restringe o funcionamento de escolas públicas e privadas, com o objetivo de prevenir o contágio do novo coronavírus, equipes da Vigilância Sanitária fiscalizaram, nesta terça (12) e quarta-feira (13), escolas privadas do município que estariam recebendo alunos e aplicando aulas durante o período de suspensão. No Centro Educacional Cozzolino, unidade de Pau Grande, foram encontrados alunos em aula e na quadra, o estabelecimento foi autuado.

“Estamos realizando inspeção sanitária e de ordem pública em toda a rede de ensino no nosso município. A instrução é para todos, para seguir a medida sanitária em vigor, e fazer valer o decreto. O que queremos é evitar as aglomerações e assim evitar que aumente o número de casos enchendo as nossas emergências”, explicou o coordenador de Vigilância Sanitária, Carlos Alberto Nogueira.

A unidade de Mauá, quinto distrito, também foi uma das denunciadas, no local não foram encontrados alunos. “A escola não apresentou o plano de ação para o período de isolamento, comprovando o cumprimento das normas de prevenção com relação a parte educacional. É um documento que precisa estar acessível para ser apresentado no momento da fiscalização”, completou o coordenador.

Outras escolas também foram visitadas pela inspeção, mas a maioria estava fechada ou com professores preparando conteúdo de ensino a distância.