SERVIÇOS DE SAÚDE MENTAL CONTINUAM ATENDIMENTO COM MEDIDAS RESTRITIVAS

O novo Decreto Municipal nº 3.363/2020 determina o retorno das atividades e funcionamento de especialidades da Secretaria Municipal de Saúde. O Ambulatório de Saúde Mental e os Centros de Atenção Psicossocial que estavam com restrição nos atendimentos, estão voltando à normalidade seguindo todas as medidas de prevenção ao coronavírus.

“Os atendimentos nesse momento de pandemia estão sendo conforme as orientações dos órgãos de saúde, e estão obedecendo ao distanciamento mínimo de um metro e meio. Os profissionais estão fazendo uso de EPIs e para os pacientes está sendo ofertado máscaras e álcool gel. No momento, não estamos fazendo agendamentos, mas todos aqueles que precisarem de atendimento em saúde mental podem procurar uma unidade e solicitar avaliação. Os atendimentos continuam sendo em caráter de urgência, ou seja, casos mais severos que necessitam de uma atenção imediata. Lembrando que os grupos continuam suspensos devido ao coronavírus”, explicou a coordenadora de Saúde Mental, Michelle Medeiros.

Há um ano o esposo da Luciana Souza realiza o acompanhamento no CAPS Lídia Menezes. “Ele sempre foi muito bem atendido aqui, tanto no atendimento com os médicos quanto com a assistente social que o acompanha. E em relação aos remédios, sempre tem quando venho pegar. O CAPS tem total importância nas nossas vidas, no acompanhamento, na assistência e nos atendimentos, eles sempre estão disponíveis para nós dois. As orientações deles são ímpares nas nossas vidas”, contou a dona de casa.

Os CAPS AD de Piabetá e Magé, CAPS Infanto-juvenil, e o Ambulatório de Saúde Mental estão funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. O CAPS Lídia Menezes está realizando atendimentos de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.