BALANÇO 2021: CURSOS, CONFERÊNCIAS E PROJETO PARA PARQUE MARCAM O MEIO AMBIENTE

Na Fiscalização Ambiental, foram 240 vistorias, 16 multas, 14 licenças e 84 denúncias atendidas

Secretário de Meio Ambiente e funcionários realizaram ato simbólico de plantio de uma muda de ipê amarelo na praça de Santa Dalila. A ação marcou o Dia da Árvore em Magé (FOTO: Phelipe Santos)

Foi um ano de muitas atividades para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). Além das ações de fiscalização ambiental, necessárias para manter a cidade longe dos crimes contra a natureza, os funcionários participaram e ofereceram cursos e conferências para servidores, instituições e sociedade em geral. Diversas ações de preservação do verde também foram apresentadas, tais como o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PPMA) e o projeto para as novas instalações do Parque Natural Municipal Barão de Mauá (PNMBM), no Ipiranga, que completou nove anos em 2021. Sobre isto, o secretário de Meio Ambiente, Sílvio Furtado, disse: “É um projeto pioneiro que vai dar o pontapé para ações parecidas em outras unidades, como o Horto Municipal”.

Idealizado pela Divisão de Projetos e Orçamentos de Obras Públicas da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo, o novo PNMBM terá sede com alojamento para pesquisadores, centro de exposição, lanchonete, banheiros públicos e um observatório de aves. As trilhas dentro da unidade de conservação também serão reestruturadas e ficarão acima da maré e do chão do manguezal. Já o PPMA levou dois anos para ficar pronto e foi, após muita discussão com a sociedade civil organizada, transformado em decreto municipal pelo prefeito Renato Cozzolino. Além do plano, a SMMA também agiu em conjunto com órgãos ambientais do estado para o reflorestamento de áreas verdes, o Florestas do Amanhã, e para o desassoreamento do Canal de Magé, o Limpa Rio.

Uma denúncia anônima levou fiscais das secretaria de Meio Ambiente e de Defesa Civil de Magé e técnicos do Inea e do ICMBio até o Morro das Cinzas, em Pau Grande, verificar irregularidades nos limites do Parnaso e da APA Petrópolis (FOTO: Gilson Jr.)

A Secretaria de Meio Ambiente realizou ainda a IV Conferência Municipal do Ambiente, Recursos Naturais e Saneamento Básico, na Câmara de Vereadores; treinou professores para a disciplina “Diversificadas” da SMEC; e inscreveu alguns de seus servidores no curso de Capacitação de Licenciamento Ambiental. Nove escolas também foram atendidas pelo setor de Educação Ambiental da Prefeitura. Na Fiscalização, foram 240 vistorias, 190 notificações, 16 multas, 84 denúncias atendidas, 14 licenças emitidas e 811 processos atendidos.

Notícia anteriorASSISTÊNCIA SOCIAL DE MAGÉ CONVOCA PARA O PROGRAMA ‘CRIANÇA FELIZ’
Próxima notíciaMAGÉ INICIA ANO LETIVO E PREFEITO ANUNCIA 22 NOVAS UNIDADES ESCOLARES