DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO ESCOLAR CAPACITA MERENDEIRAS E PREPARA PROJETOS PARA 2022

O início do ano letivo em Magé está chegando e a Secretaria de Educação e Cultura está se preparando para receber os alunos da melhor maneira. Além de uma infraestrutura adequada e ensino de qualidade, um outro fator é importante para o desenvolvimento e bem-estar dos estudantes: a alimentação.

Com isso, o Departamento de Nutrição Escolar (DNE) preparou um plano de ação, que teve início com a capacitação de 350 merendeiras de todas as unidades de ensino. Durante a capacitação, as merendeiras receberam uma cartilha com as orientações sobre uma alimentação escolar saudável e segura, e os uniformes para uso individual como aventais, toucas e botas.

“Hoje nós iniciamos a nossa capacitação, que fazemos a cada seis meses, e que é muito importante para orientarmos as merendeiras sobre nosso cardápio, do que ele é composto, os nutrientes que são importantes na alimentação das crianças, a escolha dos alimentos e todas as mudanças que fizemos para adaptar o cardápio. E para a alimentação ser saudável, além de alimentos nutritivos precisa ter alimentos seguros. Para isso capacitamos as merendeiras para que façam a comida de forma higiênica e organizada”, explicou a nutricionista Cibele Gonçalves.

Para atender em torno de 41 mil alunos diariamente com desjejum, almoço, lanche e jantar, o DNE elaborou um plano de alimentação escolar para promover a qualidade de vida através da alimentação escolar saudável por meio da elaboração de cardápios adequados por idade de acordo com os padrões exigidos de segurança alimentar.

Mas o Departamento de Nutrição trabalha além da merenda. Para implementar programas de assistência alimentar às crianças, melhorar a capacidade de aprendizagem e formar novos hábitos alimentares, diversos projetos serão desenvolvidos ao longo do ano letivo.

“Em 2022, Magé está com vários projetos no Departamento de Nutrição. Nessa primeira ação 350 merendeiras estão sendo capacitadas. Além disso, temos projetos nas áreas de reeducação alimentar, alimentação infantil específica para creches, projetos voltados para a melhor receita das merendeiras e muito mais. São diversos projetos para desenvolver a alimentação escolar no nosso município”, contou Silvio Carvalho, nutricionista e responsável técnico do DNE.

Além do cardápio elaborado pelo Departamento de Nutrição e a capacitação de merendeiras, o plano de ação conta um teste de aceitabilidade do Programa Nacional de Alimentação Escolar, implantação do projeto Agricultura Familiar na merenda escolar, distribuição de kit especial para crianças com problemas alimentares e projetos como: Mestre Cuca Mirim para crianças da Educação Infantil; Reaproveitamento de Alimentos: “Nada se perde, tudo se transforma”; Eleição Democrática do Cardápio; Nutrição Social para crianças com desnutrição, anemia, restrição alimentar e alergia; e uma parceria entre nutricionistas e dentistas englobando a alimentação com a saúde bucal.

Notícia anteriorMAGÉ CONCEDE VÁRIOS BENEFÍCIOS AOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS
Próxima notíciaVOLTA ÀS AULAS COM NOVIDADES EM MAGÉ