MAGÉ CELEBRA DIA DA MULHER NEGRA COM AÇÃO DE SAÚDE E CIDADANIA

Evento no Calçadão divulga data e conhecimento sobre a comemoração

25 de julho é o Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha. E em Magé, a mulherada vai pro Calçadão! A ação vai ter palestras, serviços de saúde, sociais e de orientação ao combate à violência, tudo no espaço que vai funcionar a partir das 9h.

Quem participar também vai poder curtir as palestras com Erika Glória, que é pedagoga e militante dos Direitos Humanos, e com a fundadora do Centro Social Quilombolas Maria Conga, Ivone Mattos Bernardo.

A data foi instituída em 2014 e relembra o marco internacional de luta e resistência da mulher negra para reafirmar a necessidade de enfrentar o racismo e o sexismo vivido até hoje por mulheres que sofrem com a discriminação racial, social e de gênero. O dia também é de conscientização sobre o combate à violência, já que os dados do Ministério da Mulher, relatam que em 2020 foram 1.350 feminicídios registrados e a maioria das vítimas são mulheres negras. 

Saúde, cultura e entretenimento 

A programação do encontro vai ter desde os serviços de saúde com os Programas de Hipertensão e Diabetes, de Saúde da Mulher e do Ambulatório de Anemia Falciforme – doença de comum ocorrência na população negra e que na rede pública de saúde de Magé, têm acompanhamento especializado para os pacientes. O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) também vai realizar atendimentos e orientações sobre combate, canais de denúncia e suporte às mulheres vítimas de violência.

A moda e a beleza também fazem parte da comemoração. Trancistas farão uma sessão de embelezamento, enquanto rola música e desfile, com exposição dos artesãos.

O evento do Dia da Mulher, Negra, Latina e Caribenha é uma realização da Prefeitura de Magé, através das Secretarias Municipais de Assistência Social e Direitos Humanos, Educação e Cultura, Saúde, Governo, com as Coordenadorias de Políticas Públicas da Mulher, e de Promoção das Políticas Públicas de Igualdade Racial, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Mageense e o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres.

 

Notícia anteriorPREFEITURA MULTA EMPRESA DE ÔNIBUS EM R$ 39 mil EM MAGÉ
Próxima notíciaSURUÍ VAI GANHAR PADARIA POPULAR E NOVAS INSTALAÇÕES DO CRAS