PIABETÁ RECEBE IMPORTANTES OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO INÍCIO DE 2022

Prefeitura começou a canalização de rio e anunciou pavimentação de rua e construção de ponte

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, aproveitou o início do ano para anunciar importantes obras que vão mudar a cara de algumas áreas do sexto distrito. Uma das principais intervenções já começou e está chamando a atenção de quem passa pelas avenidas São João e Caioaba. É a canalização de cerca de 500 metros do canal do Rio Caioaba, que vai melhorar a vida dos moradores de três bairros: Jardim Novo Horizonte, Vila Carvalho e Vila Piabetá. “Estou muito contente em dizer que vamos transformar essa região. Vamos canalizar o rio e construir, sobre a rede de galerias pluviais, uma área de lazer para favorecer quem mora aqui”, afirmou Renato. Ele também anunciou a pavimentação do trecho final da Avenida Guarani e a construção de uma nova ponte de acesso ao Parque dos Artistas I e II.

O prefeito esteve na obra de canalização nesta semana e visitou a galeria de 3 metros de altura por 2 metros e meio de largura que está sendo erguida pela Secretaria Municipal de Infraestrutura. “Canalizar o rio vai valorizar as casas dos moradores do entorno. Isso vai favorecer todo mundo”, acrescentou Renato. O secretário Marcos Pereira revelou como será a área de lazer que os mageenses poderão utilizar daqui a 12 meses: “Vai ter brinquedoteca, espaço de prática esportiva para a terceira idade, quadras de grama sintética e uma feira do produtor”. E completou: “Também serão instalados 50 pontos de iluminação de LED”. Comerciante local, José Clementino da Silva, 72, confirmou que era uma intervenção esperada há muito tempo. “Piabetá tem carência de locais para o lazer. Agora, esse problema vai mudar”, comemorou.

Guarani

Outra obra muito aguardada pelos moradores também foi anunciada pelo prefeito nos últimos dias. A pavimentação do trecho final de 300 metros da Avenida Guarani e a construção de uma nova ponte ligando Guarani ao Parque dos Artistas vão sair do papel. “A atual ponte metálica está mal conservada. Por isso, vamos demolí-la para construir outra de grande capacidade de peso”, comentou o secretário Pereira. Morador do Parque dos Artistas II, o pescador João Marcos, 64, contou que, com os danos na estrutura (buracos e desgastes nas ferragens, dentre outros), muitas lojas deixaram de entregar mercadorias no bairro. “Para chegar do outro lado, caminhões precisam percorrer mais 3 quilômetros até a outra ponte”, reclamou. “Com as obras, a situação vai melhorar”, acredita.

No Guarani, o secretário de Infraestrutura declarou que serão utilizadas 150 toneladas de asfalto para pavimentar o trecho final da avenida. A obra, com a nova ponte, deverá durar dez meses.

(Fotos: Lucas Santos)

Notícia anteriorBALANÇO 2021: ANO DE DESAFIOS REAFIRMA COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO E CULTURA EM MAGÉ
Próxima notíciaMATERNIDADE MUNICIPAL VAI GANHAR TRÊS NOVOS ALOJAMENTOS COM 16 LEITOS