REPRESENTANTES DA EMPRESA ÁGUAS DO RIO VISTORIAM MANANCIAIS EM MAGÉ

Um grupo de representantes da empresa Águas do Rio visitou, na última quarta-feira (13/10), mananciais de água em Raiz da Serra e Pau Grande. A visita foi acompanhada pelo secretário de Infraestrutura, Marcos Pereira, que vai coordenar os trabalhos de apresentação do potencial hídrico mageense para a nova empresa (FOTO: Divulgação)

O secretário Municipal de Infraestrutura de Magé, Marcos Pereira, acompanhou, na última quarta-feira (13/10), uma visita de um grupo de representantes da empresa Águas do Rio à cidade. Eles vistoriaram alguns mananciais que poderão ser utilizados para o início das obras de captação e distribuição de água encanada para as casas dos contribuintes. “Magé tem água em abundância e queremos que toda essa oferta chegue na torneira de nossa população. Assim, esperamos acabar com esse problema crônico de falta de água que causa tanta dor de cabeça ao município”, declarou o prefeito Renato Cozzolino. Os locais visitados foram duas represas em Raiz da Serra e uma em Pau Grande.

A Secretaria de Infraestrutura vai coordenar todas as etapas de apresentação do potencial hídrico mageense para a Águas do Rio. A nova empresa concessionária de águas e esgoto será responsável pelo serviço realizado antes pela Cedae. “Hoje, estimamos que 50% de toda a água natural produzida pelos mananciais de Magé escorrem pelo ralo, uma constatação absurda para os nossos dias”, revelou Pereira. Ele acrescentou que captar água de forma eficiente e melhorar as redes de distribuição “é um desafio muito próximo de ser alcançado”. “A população será sempre consultada e receberá as respostas que tanto espera há anos. Eu garanto: Magé terá água nas torneiras”, assegurou o secretário.

A próxima etapa será a visita, na segunda-feira (18/10), de mais três mananciais: represas localizadas em Rio do Ouro, Santo Aleixo e Magé (primeiro distrito). A Águas do Rio pretende investir, em cinco anos, R$ 3,2 milhões na Baixada Fluminense e criar 15 mil empregos indiretos. A empresa lançou, no último dia 9 de outubro, o programa Afluentes, para estabelecer um canal direto de comunicação com as comunidades. Ele será levado a todas as 27 cidades fluminenses (Magé inclusive) e aos 124 bairros da capital atendidos. A empresa encontra-se, desde a assinatura do contrato, em 11 de agosto, em um período de transição, acompanhando de perto o trabalho que ainda é realizado pela Cedae.

 

 

Notícia anteriorCHAMADA EXTRA: ASSISTÊNCIA SOCIAL CONVOCA APROVADOS PARA ESTA SEXTA (15)
Próxima notíciaMAGÉ AMPLIA INTERCAMBIALIDADE NA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19