MAGÉ PROMOVE CASAMENTO COMUNITÁRIO PARA 50 CASAIS DA CIDADE

Iniciativa foi realizada em articulação com o Tribunal de Justiça do Estado

Histórias e idades diversas mas um desejo em comum: expressar o amor através do chamado “papel passado”. Assim pode ser definida a emocionante cerimônia do casamento comunitário realizada no último sábado (13-11) pela Prefeitura de Magé através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos em articulação com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJ-RJ). O evento aconteceu na Cooperativa de Pau Grande e reuniu 50 casais, na faixa dos 20 aos 50 anos, que obtiveram a gratuidade das custas processuais para oficializar suas uniões estáveis.

De acordo com o prefeito Renato Cozzolino, foi um momento de celebração da vida e do fortalecimento da família, após um longo período de isolamento social por conta da pandemia da Covid-19.

“Estamos retomando diversos eventos, e o casamento comunitário será um dos que vamos dar total prioridade no nosso governo para valorizar o que achamos mais importante na vida, que é a família. Poder contribuir para realizar este desejo das pessoas é gratificante demais. Agradeço e parabenizo a todos os envolvidos neste projeto”, disse o prefeito.

Um dos casais mais empolgados para viver o momento tão especial era o soldador Cristiano Werneck de Souza, 40 anos, e a artesã Ana Paula Nascimento Silva, 42, que estão juntos há 23 e têm três filhos, de 22, 17 e 11 anos. A decisão de oficializar a união foi motivada após Ana Paula sofrer um AVC em maio deste ano.

“A emoção é muito grande porque estamos muito felizes de realizar um sonho de muito tempo, que é casarmos oficialmente”, disse o casal.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Flávia Gomes, os casais foram escolhidos pelos Centros de Assistência Social (CRAS), por critérios de vulnerabilidade social e renda per capita de meio salário mínimo por pessoa da família para obter a gratuidade da Justiça.

“Os casais com este perfil levaram os documentos necessários e obtiveram a certidão de casamento gratuita junto à Justiça. Esta cerimônia é simbólica da união civil oficializada para que os casais possam ter acesso também a uma celebração festiva, com direito a uma mesa de bolo, docinhos e fotos que a Prefeitura oferece através da nossa Secretaria”, explicou a secretária informando ainda que uma nova cerimônia será realizada em dezembro para outros 50 casais dos vários distritos do município.

A cerimônia foi celebrada pelo juiz Vitor Moreira Lima, titular da Vara Cível Regional de Inhomirim, e prestigiada também pela primeira-dama do município, Lara Torres; pela vice-prefeita Jamille Cozzolino; pelo secretário municipal de Governo, Vinicius Cozzolino; pela secretária municipal de Educação e Cultura, Sandra Ramaldo e pelo promotor de Justiça Eduardo Medeiros.

Fotos: Gilson Jr

Notícia anteriorVILA NOVA RECEBE PROJETO “SOCIAL + PRESENTE”
Próxima notíciaPREFEITO DETERMINA SUSPENSÃO DA COBRANÇA DE ESTACIONAMENTO NAS VIAS PÚBLICAS DE MAGÉ