MAGÉ RECUPERA MAIS DE 50 QUILÔMETROS DE ESTRADAS VICINAIS EM 2021

Medida melhorou escoamento da produção agrícola e acesso da população

[responsivevoice_button voice="Brazilian Portuguese Female" buttontext="Ouvir"]

Em um trabalho de parceria entre as Secretarias Municipais de Infraestrutura e Agricultura Sustentável, a Prefeitura de Magé melhorou o escoamento da produção de alimentos e o acesso da população em geral através da recuperação das estradas vicinais do Distrito agrícola do Rio do Ouro. Foram mais de 50 quilômetros de vias recuperadas em 2021, que não recebiam melhorias há muitos anos. Os números positivos do governo municipal na Agricultura, no entanto, não param por aí, no primeiro ano da nova gestão.

Magé também se destacou na campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa, ficando em 1º lugar geral entre todos os municípios fluminenses, com 100% do rebanho (bovinos e bubalinos) imunizados na 1ª etapa da campanha, em maio. Foram 3.962 animais vacinados gratuitamente em 141 pequenas propriedades cadastradas. A Secretaria de Agricultura também auxiliou grandes criadores de gado e de búfalos de outros 5 mil animais, na aplicação da vacina comprada pelos pecuaristas. Na 2ª etapa, em novembro, quando são vacinados apenas o gado até 2 anos de idade, outros 2 mil animais foram imunizados em 100 propriedades.

Outros números – A Secretaria Municipal de Agricultura acumulou também bons resultados em serviços públicos à população, como o serviço do Disque-Abelhas que atendeu a mais de 90 chamados para captura de enxames nas zonas rural e urbana de Magé. O trabalho de utilidade pública, o único realizado na esfera municipal na Baixada Fluminense, também doou 14 enxames capturados a apicultores de Magé.

A Agricultura também doou quase três toneladas de alimentos (entre legumes e hortaliças) produzidas no Centro de Produção de Alimentos e Propagação de Mudas e Sementes Melhoradas (Cepam) para a merenda escolar e pessoas em vulnerabilidade social acolhidas em unidades públicas municipais. Assim como ofereceu mais de 1 mil horas de serviço gratuito de aragem do solo para 320 pequenos agricultores.

Foi realizada ainda ação, em parceria com a Secretaria de Saúde, para realização de exames de colinesterase nos agricultores para monitorar o nível de toxidez no organismo causado pelo contato com defensivos agrícolas. A Pasta da Agricultura implantou também o Selo de Inspeção Municipal (SIM) para garantir a qualidade dos produtos e subprodutos de origem animal produzidos na cidade, tais como carne, pescado, leite, mel, queijo, entre outros.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, André Castilho, o trabalho é fruto das políticas públicas da nova gestão para o setor.

“Chegamos ao final de 2021 com bons números para apresentar porque temos todo o apoio do prefeito Renato Cozzolino para incentivar o trabalho dos produtores rurais de Magé como política pública de governo. Podem ter certeza que vamos avançar ainda mais no próximo ano”, disse o secretário.

Notícia anteriorMAGÉ AMPLIA TESTAGEM DA COVID-19 PARA 26 PONTOS NA CIDADE
Próxima notíciaPREFEITURA PLANEJA PRÓXIMAS ETAPAS DA OBRA DO CANAL PARA 2022