OPERAÇÃO TAPA-BURACO RECUPERA ESTRADA MOVIMENTADA DO BAIRRO PONTE PRETA

[responsivevoice_button voice="Brazilian Portuguese Female" buttontext="Ouvir"]

Motoristas comemoram o fim das irregularidades que danificaram automóveis e caminhões ao longo da via

Uma das principais ligações entre os municípios de Magé e Duque de Caxias, a Estrada Real Estrela começou a ficar livre de buracos. Nesta quinta-feira (11/02), equipes da Secretaria de Infraestrutura de Magé despejaram 60 toneladas de revestimento asfáltico no bairro da Ponte Preta através da Operação Tapa-Buraco. “Engana-se quem acreditava que nosso ritmo acelerado de obras era só no primeiro mês. Não vamos parar! Nossas secretarias estão trabalhando de forma articulada e isso faz o trabalho crescer”, informou o subsecretário Marcos Pereira. Em janeiro deste ano, a Prefeitura de Magé realizou 25 operações Tapa-Buraco, fechando mais de 600 buracos na cidade.

Como precisa usar a Estrada Real Estrela diariamente, Fabrício Aguiar, 22 anos, comemorou a chegada dos funcionários da Secretaria à Ponte Preta. “Com os buracos, a situação era caótica. Agora, com as reformas, as coisas estão ficando excelentes”, disse. Motorista de caminhão, Everaldo Trajano do Nascimento, 45, reclamou dos problemas causados pelas irregularidades na via. “Os buracos prejudicam as rodas, a suspensão. Tudo vai embora, né?”, declarou. Carlos Frederico, 30, culpou os caminhões pela piora da estrada: “Ela era boa e piorou com os caminhões passando. Com a Tapa-Buraco, espero que melhore novamente”.

Outros bairros de Magé também receberam a visita da Operação Tapa-Buraco essa semana. Na Avenida Automóvel Clube, no Parque Caçula, muitas intervenções ocorreram nos arredores da Escola Municipal Professor Daniel Soares Silva. Em Suruí, as ruas Capitão José de Paula e Coronel Alarico José do Amaral, além das avenidas Isabel de Paula e Zarzur (um trecho) e da Estrada do Partido, foram contempladas. No segundo distrito de Santo Aleixo, 17 toneladas de asfalto foram despejadas para tapar buracos na Estrada Municipal Adam Blumer.

Estação Cidadania-Cultura

Abandonado há seis anos, o Centro Integrado Cultural e Esportivo, também conhecido como Estação Cidadania-Cultura, em Fragoso, está sendo recuperado pela Prefeitura. O subsecretário de Infraestrutura, Marcos Pereira, explicou que as obras englobam pintura, instalação de novas portas e esquadrias de alumínio, recuperação de vidros e conserto de todas as partes elétrica e hidráulica da construção. “Vamos deixar tudo pronto para que as atividades esportivas e culturais possam acontecer normalmente. Pretendemos deixar, aqui, um legado de grande impacto social para toda a cidade”, assegurou.

Notícia anteriorMAGÉ CRIA PROGRAMA DE REABILITAÇÃO PULMONAR PÓS-COVID
Próxima notíciaGOVERNO DO ESTADO ANUNCIA RESTAURANTE POPULAR EM MAGÉ