GOVERNO DO ESTADO DÁ INÍCIO À REVITALIZAÇÃO DA ESTRADA DA SERRA VELHA

Rodovia histórica é a principal ligação entre Petrópolis e Magé

Nem mesmo a chuva que caiu na manhã desta sexta-feira (17) foi capaz de atrapalhar o lançamento das obras de revitalização da Estrada da Serra Velha, a RJ-107. O prefeito Renato Cozzolino visitou o canteiro de obras ao lado do deputado estadual Marcus Vinícius; do subsecretário estadual de Cidades, Bernardo Rossi; do coordenador da Secretaria de Cidades, Paulo Cleffs e dos vereadores de Magé Arthur Cozzolino e Léo Freitas.

“A revitalização da serra velha é um sonho que está sendo realizado. Hoje saiu do papel e se tornou real essa obra. Moro em Fragoso e sei da importância dessa estrada para nós moradores que utilizamos esse percurso, são muitos buracos, falta de iluminação e sinalização. Quero agradecer ao governador Cláudio Castro por atender um pedido tão antigo e necessário da população de Magé e Petrópolis. Se a revitalização não contemplar iluminação, me comprometo a iluminar toda a estrada”, garante Renato Cozzolino.

A rodovia histórica é a principal ligação entre Petrópolis e Magé. Segundo o deputado Marcus Vinícius, a obra é uma grande conquista para os dois municípios. “Eu passo nessa estrada há 38 anos desde que mudei para Petrópolis e sempre foi desse jeito, bem precária. Há anos, eu e o Renato, tentamos conseguir essa obra com o Governo do Estado e hoje, com muita alegria, anunciamos que na segunda-feira ela começa com tudo. Quero agradecer ao nosso governador e ao secretário Uruan Cintra por entenderem a importância dessa obra e para o estado poder avançar”, conta.

O diretor da 16ª ROC (Residência de Obras e Conservação) – Petrópolis, Jamir Bezerra, detalhou o que será feito no trajeto de 12,2 quilômetros que vai do entroncamento da Rua Joaquim Aguiar, em Magé, até o Condomínio Residencial Grão Pará, no Alto da Serra, em Petrópolis.

“O serviço é de recuperação de toda pavimentação e toda faixa estradal desde o início até o topo no alto da serra. Será refeita toda a pavimentação dos paralelepípedos, a drenagem, as contenções, defensas e todos os serviços necessários. Toda a estrada será recomposta e as curvas serão refeitas com pavimentação rígida com concreto. É uma obra completa para deixar a rodovia rigorosamente nova”, explica Jamir.

Notícia anteriorPROJETO CADASTRA 509 FAMÍLIAS PARA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA EM RAIZ DA SERRA
Próxima notíciaMAGÉ PARTICIPA DO ENCONTRO NACIONAL DOS CONSELHOS DE EDUCAÇÃO