MAGÉ FUTSAL É DESTAQUE NAS CATEGORIAS DE BASE

Projeto visa formar atletas da cidade para o cenário esportivo nacional

Destaque no cenário estadual adulto, o Magé Futsal alcançou duas finais e um título carioca em dois anos de projeto. Mas isso o mageense já sabe. O que pouca gente sabe é que a equipe que surgiu da parceria entre a Prefeitura e a Liga Mageense de Desportos também se destaca nas categorias de base, importante pilar para a formação de atletas da cidade.

“Esse projeto foi criado no início da nossa gestão e a gente tinha um sonho de fazer de Magé uma potência no futsal. Saiu daqui o melhor jogador de futebol do mundo, Mané Garrincha, e essas crianças não tinham essa oportunidade, tinham que ir ao Rio se quisessem jogar em alto rendimento. E alcançamos um índice maior do que esperávamos em pouco tempo. É um motivo de muito orgulho”, disse o secretário de Esporte, Geilton Câmara.

Nesta temporada, três categorias estão fortes nas disputas dos títulos estaduais. Na série Bronze do Campeonato Carioca, a equipe sub-9 conquistou a classificação para a final após golear o Império por 7×1, no último domingo (13), no Ginásio Nelson Ferreira Lima, em Pau Grande. Agora a equipe vai enfrentar o Firjan Sesi Volta Redonda na decisão.

“Eu estou muito feliz. Quero agradecer de coração a toda equipe por ter a chance de ver meus filhos terem a oportunidade de participar desse projeto. Eles sempre amaram o futebol desde os 4 anos de idade e estão tendo essa possibilidade. Eles estão muito vibrantes em chegarem à final. A Maria é a única menina da equipe e teve uma receptividade muito boa, está muito feliz em participar mesmo no meio dos meninos”, agradeceu Alan do Carmo, pai da Maria e do Pedro Lucas, atletas do sub-9.

Também na série Bronze, a equipe sub-11 está na semifinal do campeonato, mas teve o jogo que decidiria a vaga na decisão adiado e não entrou em quadra no domingo. A Federação irá marcar uma nova data para a partida, que será realizada em domínios mageenses. Quem também já garantiu vaga na final foi o time sub-13, que decidirá o título contra o São Gonçalo, categoria que no ano passado representou o Rio de Janeiro no Brasileiro de Ligas e conquistou o terceiro lugar.

“É um sonho de criança. Hoje me tornei o cara mais realizado profissionalmente falando, poder trabalhar com as crianças e construir um grupo igual ao que construímos aqui e contribuir para a formação desses atletas é gratificante demais. Ano passado fomos campeões com o sub-13, estamos na final novamente esse ano e agora consolidamos a classificação do sub-9 até a final também”, finalizou o técnico Amauri Ferreira.

Notícia anteriorPREFEITURA INICIA OBRAS PARA ENTREGAR MAIS 8 UNIDADES ESCOLARES
Próxima notíciaALUNO DO POLO CEDERJ MAGÉ PARTICIPA DE PAINEL NA COP 27, NO EGITO