MAGÉ REALIZA AÇÃO DE SAÚDE VOLTADA PARA OS AGRICULTORES

Entre os serviços, exame para detectar o grau de exposição a produtos tóxicos

As Secretarias Municipais de Saúde e Agricultura Sustentável realizam, na próxima sexta-feira (03-09), uma grande ação de saúde voltada aos agricultores de Magé, com exames, aplicação de vacinas e palestras. A atividade denominada “Agrotóxico e seus riscos” será realizada no Centro de Produção e Propagação de Mudas e Sementes Melhorados (Cepam – antigo Cepta), na Cachoeira Grande, das 8h às 10h.

Os produtores rurais terão acesso ao exame de Colinesterase (para verificar o grau de exposição a produtos tóxicos), vacinas contra Covid-19, gripe, hepatite B e tétano, além de palestras ministradas por profissionais da Secretaria de Saúde responsáveis pelos programas Vigiagrotóxico, Tabagismo, Mobilização Social (arboviroses causadas pelo Aedes Aegypti) Vigiágua (sobre a qualidade da água para consumo humano), Vigiar (sobre poluição do ar), Vigisolo (ações de prevenção e combate às formas de contaminação do solo), Vigidesastre (que atua nos casos de desastres naturais e acidentes químicos) e combate à tuberculose e hanseníase.

“Vamos oferecer palestras sobre todos estes programas. Mas o principal é sobre o Vigiagrotóxico com objetivo de prevenir a exposição a produtos tóxicos entre os trabalhadores rurais, ou seja, passar as informações para eles sobre o uso correto dos agrotóxicos e a forma de utilização de EPIs”, explicou a supervisora técnica do Vigiagrotóxico, Jocilene Peclat.

Segundo o diretor de Agricultura, Luis Gustavo Ramos, o evento vai culminar com o encerramento da campanha de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos realizada junto aos produtores rurais.

“Este evento será muito bom porque vai ao encontro da campanha para explicar a importância do uso consciente de defensivos e respeito ao intervalo de carência dos produtos, uso de EPIs e o próprio descarte correto das embalagens vazias”, disse o diretor.

Fotos: Phelipe Santos

Notícia anteriorMAGÉ NO COMBATE À EVASÃO ESCOLAR
Próxima notíciaEDUCAÇÃO PROMOVE FORMAÇÃO PARA MONITORES QUE VÃO ATUAR NO REFORÇO ESCOLAR