MAGÉ RECEBE VISITA DO GOVERNADOR APÓS FORTES CHUVAS

Chefes do executivo municipal e estadual se reuniram para avaliar estragos

Fortes chuvas atingiram Magé no último domingo (20), causando diversas ocorrências e deixando moradores ilhados, desabrigados e desalojados, além de perda material. A Prefeitura trabalha desde o ocorrido com medidas paliativas de infraestrutura e com assistência social às vítimas. Nesta terça-feira (22) o prefeito Renato Cozzolino recebeu o governador do Rio, Cláudio Castro, em Raiz da Serra, e juntos percorreram os locais afetados para avaliar um trabalho conjunto.

“Todos nós fomos pegos de surpresa com essa chuva que se concentrou principalmente aqui no sexto distrito somada às águas que desceram de Petrópolis que transbordaram diversos rios, deixando alguns moradores prejudicados. Nossa equipe da Infraestrutura está nas ruas com os maquinários para realizar o trabalho de contenção, nossa Assistência Social está realizando o cadastro das famílias que foram atingidas para dar todo o suporte necessário, e a Defesa Civil também identificando as casas que estavam com risco de desabamento. A visita do governador vem para aumentar nossa esperança de dias melhores”, explicou o prefeito Renato Cozzolino.

O governador Cláudio Castro anunciou que irá ajudar a cidade com programas assistenciais e principalmente com o trabalho de contenção das encostas dos rios. “A Prefeitura já deu um grande suporte à população e agora precisamos trabalhar juntos na contenção das encostas e ajudando às pessoas que perderam bens materiais. Ainda hoje enviaremos colchonetes e roupas de camas, também vamos providenciar o cartão do Supera Rio. Nossos engenheiros estão andando pela cidade para avaliar as emergências que daremos andamento ainda essa semana para que os moradores possam voltar à normalidade”, disse.

De acordo com a Defesa Civil, 26 casas foram interditadas após o transbordamento de sete rios e córregos, além de 4 deslizamentos registrados. A Assistência Social cadastrou 120 famílias que ficaram desalojadas e cerca de 300 pessoas que tiveram prejuízos com a chuva, além de entregar 100 cestas básicas e 300 kits de limpeza e higiene pessoal. A Infraestrutura recolheu 150 toneladas de entulhos e resíduos trazidos pela chuva, trabalhou na contenção paliativa de encostas e reconstruiu provisoriamente uma ponte que havia caído e deixado moradores isolados. Além disso, um açude estourou e prejudicou o abastecimento de água em alguns pontos do sexto distrito, que estão sendo atendidos por caminhões-pipa da Prefeitura.

O deputado federal Dr. Luizinho também esteve na cidade ao lado do prefeito e do governador e conseguiu a destinação de verbas para ajudar na questão assistencial. “Nós já destinamos previamente R$5 milhões e estaremos destinando mais R$5 milhões que poderão ser utilizados diretamente para a recuperação dessas pessoas. Nós precisamos olhar diretamente nos olhos dessas pessoas para que elas saibam que o poder público estará ao lado delas para a retomada normal das suas vidas”, afirmou.

Acompanharam a visita o secretário estadual das Cidades, Uruan Cintra; a primeira-dama Lara Torres; os secretários municipais Vinícius Cozzolino (Governo e Fazenda), José Amaral (Proteção e Defesa Civil), Marcos Pereira (Infraestrutura), Flávia Gomes (Assistência Social e Direitos Humanos), Bruno Lourenço (Comunicação e Eventos), André Lopes (Segurança e Ordem Pública); os sub-secretários Luiz Moura (Infraestrutura), Marcela Maciel (Comunicação e Eventos), Fernanda Harb (Assistência Social e Direitos Humanos); e os vereadores Arthur Cozzolino, Léo da Vila, Léo Freitas, Silmar Braga e Fernando do Salão.

Notícia anteriorMAGÉ CELEBRA DIA MUNDIAL DA SÍNDROME DE DOWN
Próxima notíciaAGRICULTURA VAI RETOMAR SERVIÇO DE ARAGEM DO SOLO PARA OS AGRICULTORES