ENCERRAMENTO DO MÊS DA MULHER CONTA COM PALESTRAS SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

No encerramento da comemoração do mês da mulher, o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Magé (CMDDM), realizou uma ação na Casa dos Conselhos, com palestras sobre o ciclo da violência, nutrição e um café da tarde para as mulheres do município.

“A gente discute a violência contra mulher diariamente e não somente em datas especiais. A mulher tem que ser independente, tem que trabalhar e ter oportunidades de emprego para não depender de ninguém. Neste mandato foram criados diversos dispositivos para proteção, o Centro de Atendimento a Mulher (CEAM) já tem mais de 20 usuárias e mais de 60% dos servidores da Prefeitura são mulheres”, disse a primeira-dama, Flávia Torres

Os dados do Instituto Avon revelam que 90% dos feminicídios são cometidos pelo companheiro ou ex-companheiro e 2 a cada 3 assassinatos acontecem em casa. As mulheres assassinadas são majoritariamente negras (68%) e mais da metade não faz nada depois de sofrer violência (52%).

“Todas as mulheres, em algum momento já sofreram violência, seja ela psicológica, física, sexual, patrimonial ou moral. Antes da lei Maria da Penha, as mulheres iam à delegacia e não tinham nenhuma lei que a amparasse. É importante manter uma articulação em rede para a gente se ajudar”, disse a palestrante, Vilma de Souza.

Notícia anteriorPREFEITURA ASSUME GESTÃO DA UPA DE PIABETÁ
Próxima notíciaMAGÉ HOMENAGEIA 22 MULHERES FAZEDORAS DE CULTURA