MAGÉ COMEÇOU A VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NESTA QUARTA (20)

Vacinas foram distribuídas para as sete unidades da rede de urgência e emergência

O Centro de Imunização Municipal recebeu os profissionais do Hospital Municipal de Magé nesta quarta (20), para a vacinação contra a Covid-19. O grupo é o primeiro a ser imunizado na cidade, com o lote de 2.645 doses da vacina que chegaram ontem.

“É uma felicidade muito grande ser vacinada, porque estávamos esperando por esse momento, mas não sabíamos que seria tão rápido. Estou alegre e emocionada por também ver meus colegas que atuam comigo na linha de frente sendo imunizados”, contou a enfermeira Sileide Cruz.

A técnica de enfermagem Marta de Sá e seus pais tiveram a Covid-19. Eles quase morreram com a doença, depois do pai contrair o vírus e contaminá-las:

– A vacina é uma chance! Tivemos covid e quase perdi meus pais para essa doença que levou tantos conhecidos e amigos de trabalho. A vacina é um grande salto, é a chance de sobreviver”, disse a técnica emocionada.

Magé está seguindo as orientações recebidas da Secretaria Estadual de Saúde para a execução da vacinação contra a Covid-19. A quantidade destinada ao município pela Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) foi abaixo do esperado – 2.645 doses das 5290 aguardadas – e a logística de imunização foi ajustada.

“Começamos com a vacinação dos profissionais de saúde da linha de frente da nossa rede, depois serão os idosos institucionalizados. Vamos atuar por etapas, seguindo as orientações do protocolo da Secretaria Estadual de Saúde”, descreveu o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Daniel da Paz.

O Plano

A Secretaria Municipal de Saúde elaborou um Plano de Imunização que iniciou a 1ª fase nesta quarta-feira (20), às 8h, com a vacinação dos profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente da Rede de Urgência e Emergência de Magé. No dia 26 de janeiro, começa a etapa de vacinação dos idosos que vivem em asilos e afins.

“Sabemos da importância da vacinação nessa pandemia, pela grande responsabilidade de seguir os protocolos e gerir as vacinas que vamos receber. Aguardamos a confirmação pelo Estado para agir com a certeza do que temos: são 2.645 doses na primeira fase de vacinação para os grupos prioritários. Estamos trabalhando para atender à população, mas dependemos que todos compreendam que, neste momento, somos abastecidos pelo Estado”, esclarece o prefeito Renato Cozzolino.

Fotos: Lucas Santos

Notícia anteriorPREFEITURA COMEÇA A RECUPERAÇÃO DAS CADEIRAS ENCONTRADAS EM DEPÓSITO
Próxima notíciaSECRETARIA DE TRANSPORTES RECUPERA 30 CARROS OFICIAIS EM DUAS SEMANAS DE TRABALHO