MAIS SAÚDE: FISIOTERAPIA DO POLIESPORTIVO RENATO MEDEIROS DE VOLTA

A fisioterapia do ginásio poliesportivo Renato Medeiros, em Fragoso, voltou com força total. Cinquenta pessoas fazem reabilitação em dois grupos: um para pessoas com sequelas de AVE e outro para patologias na coluna, garantindo atendimento humanizado e mais perto de casa.

“Esse projeto já é realizado há um tempo pela Prefeitura mas, por conta da pandemia, esse serviço ficou paralisado e os pacientes perderam esse tratamento. Agora, a nova gestão retornou com a fisioterapia aqui no Poliesportivo do Fragoso. Os pacientes vêm tendo melhora. Eles são reabilitados nos Centros de Fisioterapia e, quando a gente entende que eles são capazes de realizar todos os exercícios sozinhos, encaminhamos para o poliesportivo”, explica Lidiane Araújo, fisioterapeuta do grupo de AVE.

De acordo com Felipe Martins, fisioterapeuta do grupo de patologias da coluna, o serviço é de extrema importância. “Existem muitas pessoas que têm problema crônico na coluna e nós fazemos exercícios de mobilidade. Muitas vezes pensamos que com dor na coluna não podemos fazer nada, pelo contrário, temos que mobilizar para descompensar o músculo, descomprimir e alongar”, detalha.

Sonia Maria Duarte, de 70 anos, conta que chegou no poliesportivo completamente travada e hoje já consegue fazer tudo. “Essa fisioterapia é uma maravilha! Acho que se eu estivesse pagando no particular não seria tão bem atendida como aqui. Cheguei basicamente torta, tinha que andar de cadeiras de rodas e muletas, com ajuda das pessoas porque não andava sozinha e não conseguia levantar o braço. Agora penteio o cabelo, tomo banho, faço comida, lavo roupa, arrumo casa, faço tudo”.

Quem também celebrou o retorno da fisioterapia foi a diarista Mariuza Vieira, de 58 anos. “Para mim está sendo muito gratificante porque meu trabalho é muito pesado, exige muito esforço do meu corpo e a fisioterapia tem me ajudado bastante. Eu sentia muitas dores na coluna e hoje quase não sinto, está valendo a pena”.

Fotos: Lucas Santos

Notícia anteriorFEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR DE MAGÉ: LUGAR DE PRODUTOS BONS E BARATOS
Próxima notíciaCAMPINHO TERÁ 18 RUAS MANILHADAS E ASFALTADAS. OBRAS JÁ COMEÇARAM