PRAÇA CENTRAL DE MAGÉ É REVITALIZADA, GANHA NOVA ILUMINAÇÃO E TEM CHAFARIZ RESTAURADO

O maior corte orçamentário foi no Gabinete do prefeito, com redução de 39,5% (FOTO: Lucas Santos)

Frequentadores do local já sentem o impacto positivo na segurança e comerciantes comemoram 

Ponto de encontro de quem frequenta o Centro de Magé, a Praça Nilo Peçanha, também conhecida como Praça Central ou Praça da Prefeitura, está de cara nova. Uma ação conjunta da Coordenadoria do 1º Distrito e das diretorias de Infraestrutura e de Manutenção Pública, subordinadas à Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI), tem revitalizado completamente a área. Até agora, 47 lixeiras novas foram instaladas, 20 refletores de 400 watts colocados ao redor do Palácio Anchieta (prédio da administração municipal), 60 lâmpadas de 150 watts e seis refletores de LED acesos, bancos começaram a ser pintados e o chafariz está de volta à ativa depois de quase dois anos parado.

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, contou que já é possível perceber um aumento no número de frequentadores na praça. “Estou muito feliz de poder entregar para o povo de Magé um de seus cartões-postais totalmente revitalizado. A praça está de roupa nova para que famílias possam desfrutar momentos de lazer em um local mais iluminado e seguro”, afirmou. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Samyr Amorim, o carro-chefe dessa revitalização é o chafariz: “Mexemos em toda a parte elétrica e hidráulica e nas bombas e bicos injetores que estavam completamente danificados. Agora, vamos implantar um novo sistema de som”.

Lazer e comércio

Entre frequentadores e comerciantes que utilizam a praça, as mudanças são bem-vindas. Carlos Alberto, o Beto do Sorvete, de 53 anos, é uma figura conhecida no local. “Estou na praça há 20 anos e já vi de tudo. Agora, com mais iluminação e segurança, as pessoas passam a vir mais e, com isso, meu faturamento pode aumentar em até 60%”, comentou. Ao contrário de Beto, Isa Ventura, 31, começou a vender brownies na praça há poucos dias: “Moro há 5 anos em Magé e sempre pensei em vender na praça, mas não me sentia segura. Agora, com a nova iluminação, muita gente está vindo e isso é bom para os negócios”.

A profissional de Apoio Escolar Denise do Amaral, 60, revelou que pretende trazer os parentes que moram na cidade do Rio para visitar a praça. “Ela estava muito mal conservada. Era escura e quase ninguém vinha aqui à noite. Hoje, tudo mudou”, lembrou. Além da Praça Nilo Peçanha, outras ruas e acessos de Magé estão sendo favorecidos pela Operação Vagalume de melhoria da iluminação pública. O prefeito anunciou que, no primeiro mês de governo, 1.671 pontos de luz foram acesos na cidade.

 

 

Notícia anterior3ª ETAPA DE VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 COMEÇA NA PRÓXIMA SEGUNDA (8)
Próxima notíciaFEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM MAGÉ: OPÇÃO DE QUALIDADE E PREÇO