ALIMENTAÇÃO MAIS SAUDÁVEL PARA CRIANÇAS E ADULTOS VULNERÁVEIS EM MAGÉ

Programa ‘Alimentando com amor’ é uma parceria entre as Secretarias de Agricultura e Assistência Social

Uma parceria entre as Secretarias Municipais de Agricultura Sustentável e Assistência Social e Direitos Humanos vai garantir uma alimentação mais saudável para crianças, adolescentes, população em situação de rua e idosos vulneráveis de Magé através da doação de legumes e hortaliças plantados no Centro de Ensino, Pesquisa e Treinamento em Agroecologia (Cepta), na Cachoeira Grande. A área de 20 mil metros quadrados pertence à Prefeitura. O prefeito Renato Cozzolino participou do lançamento da primeira etapa do programa “Alimentando com amor” nesta sexta-feira (02-07), ajudando, inclusive, a colher aipim e alface.

“Começamos hoje (sexta-feira) esta parceria maravilhosa entre as Secretarias de Agricultura e Assistência Social, através do qual alimentos plantados e colhidos aqui no Cepta serão doados para o preparo das refeições de crianças, adolescentes e adultos em situação de vulnerabilidade em nossas unidades de acolhimento e outros projetos sociais do município voltados a este público. Quero parabenizar os secretários André Castilho (Agricultura) e Flávia Gomes (Assistência Social) pelo excelente trabalho e dizer que vamos continuar fazendo o bem sem olhar a quem”, disse o prefeito.

A secretária de Assistência Social, Flávia Gomes, também destacou a importância do programa.

“Será muito importante para nossas crianças e adultos em situação de vulnerabilidade social receberem alimentos fresquinhos e com garantia nutricional nas suas refeições através desta parceria”, disse Flávia Gomes.

Já o diretor de Agricultura, Luis Gustavo Ramos, ressaltou a emoção de fornecer os alimentos para os programas sociais do município.

“O Cepta serve para propagarmos as sementes, as mudas dos produtos agrícolas. Mas saber que os alimentos produzidos aqui vão para as pessoas mais vulneráveis nos enche de orgulho. A gente chegou a se emocionar quando o secretário André anunciou esta parceria. A gente produz com mais amor ainda, sabendo que vai ter uma destinação tão nobre”, declarou Luis Gustavo, o Guga.

Os legumes e hortaliças colhidos no Cepta vão completar cerca de 150 refeições servidas por dia, entre almoço e jantar, na Casa de Passagem, Instituto de Acolhimento Futuro Feliz, Alojamento de Pernoite e Centro Pop.

Cidade do Palmito – O prefeito Renato Cozzolino aproveitou a visita ao Cepta para anunciar um novo projeto, na área da Agricultura: incentivar o cultivo do palmito na cidade.

“O nosso município é o que mais produz palmito pupunha na Baixada Fluminense e nós vamos fomentar esta produção através da instalação de uma agroindústria na cidade para solucionar o maior problema de Magé: o desemprego. Magé vai se tornar a ‘Cidade do Palmito’, com a realização de um grande festival”, revelou o prefeito.

Fotos: Phelipe Santos

Notícia anteriorALUNOS DA REDE MUNICIPAL PASSAM POR TESTE DE ACEITABILIDADE DA MERENDA ESCOLAR
Próxima notíciaMAGÉ GANHARÁ ‘CASA DO TRABALHADOR’ EM 90 DIAS