MAGÉ CONECTADA: PREFEITURA LANÇA ACESSO GRATUITO À INTERNET NO MUNICÍPIO

Programa teve início na Praça Nilo Peçanha, no Centro de Magé, e na Rodoviária de Piabetá

Sabe aquelas horas em que você está esperando uma mensagem pelo celular e o seu plano de dados de Internet acaba? Em Magé, isso vai ser coisa do passado. A Prefeitura lançou, nesta quinta-feira (24/03), o Magé Conectada, uma rede gratuita de wi-fi que será disponibilizada em diversos pontos da cidade. O lançamento foi na Praça Nilo Peçanha, no Centro do primeiro distrito, e na Rodoviária de Piabetá. “O projeto tem a finalidade de promover inclusão social e digital por meio da Internet. A gente vai promover a cidadania conectada das pessoas não só com relação aos serviços da Prefeitura, mas também com o mundo”, declarou o secretário Municipal de Governo e de Fazenda, Vinicius Cozzolino.

No primeiro dia, o wi-fi pôde ser conectado através de uma senha (mageconectada) que foi disponibilizada até que o acesso regular fosse estabelecido. Depois, de acordo com o secretário Municipal de Comunicação e Eventos, Bruno Lourenço, o login será feito através de um check-in na página da Prefeitura de Magé no Facebook. “Basta o usuário acessar a rede Magé Conectada que vai aparecer no wi-fi do aparelho celular e ele vai ser convidado a fazer um check-in no Facebook para logar. A partir daí, terá acesso gratuito à Internet”, explicou. Na Praça da Prefeitura, foram instaladas três antenas para possibilitar o login simultâneo de até 300 usuários.

No futuro, a Prefeitura pretende simplificar o acesso, instalando, nos pontos de conexão, placas com um QR Code que vai direcionar o internauta diretamente para a rede Magé Conectada. Além do Centro de Magé e de Piabetá, haverá wi-fi gratuito no Píer da Piedade, na Praça da Vila (Igreja São Sebastião), na Praça da Estação (quarto distrito), na Praça Monsenhor Barenco (Praia de Olaria) e na Praia do Limão. Aluna da rede pública, a Rhadija Maximiano, 19, ficou animada quando soube do programa. “Vai ser muito bom porque a gente que estuda precisa assistir a aulas online, ler livros e fazer pesquisas. É uma iniciativa que devemos abraçar”, analisou.

Com uma banca de flores instalada na Praça da Prefeitura, Cirléia Alves, 63, acredita que a rede gratuita de wi-fi vai melhorar o seu negócio. “Agora, a gente vai poder compartilhar com os clientes toda a novidade que chega na mesma hora. Com isso, tenho certeza que o contato com a clientela vai crescer”, disse. O videomaker Eduardo Chaves, 40, vai além: “Para quem está em busca de emprego e já sofre para pagar os planos de dados dos celulares, a Internet gratuita na praça vai ser excelente. Dá para enviar currículos e pesquisar oportunidades de trabalho”.

(Fotos: Phelipe Santos)

Notícia anteriorSAÚDE ENTREGA MAIS DE 500 GLICOSÍMETROS PARA PACIENTES DIABÉTICOS QUE FAZEM USO DE INSULINA
Próxima notíciaMAGÉ DIVULGA SETOR TURÍSTICO NA EXPORIO