MAGÉ FAZ O RELANÇAMENTO DO PROGRAMA ‘CRIANÇA FELIZ’

Serão atendidas crianças de 0 a 6 anos e gestantes de 1.590 famílias

A Prefeitura de Magé, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, realizou esta semana cerimônia de relançamento do programa “Criança Feliz”, que vai acompanhar o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos e gestantes de 1.590 famílias da cidade. A cerimônia contou com a presença do secretário estadual de Ação Social, Matheus Quintal; e a primeira-dama do município, Lara Torres, foi homenageada com o título de madrinha do programa.

O prefeito Renato Cozzolino ressaltou a importância do programa como ação fundamental das políticas públicas de assistência social e de trabalho e renda do seu governo.

“Este programa vai ajudar famílias de extrema vulnerabilidade, que serão assistidas com carinho, amor e respeito. Além disso, também estamos gerando vagas de trabalho através deste programa, tratando assim do maior problema do município que é o desemprego”, disse o prefeito.

A secretária municipal de Assistência Social e Direitos, Flávia Gomes, destacou os objetivos a serem alcançados através do programa.

“Queremos alcançar o objetivo de contribuir para que as crianças e as gestantes sejam acompanhadas como um todo, ou seja, o desenvolvimento, a inserção do meio social e identificar vulnerabilidades. E a partir destas observações, encaminhar as famílias ao CRAS para que, através dele, tenham os seus direitos sociais, educacionais e de saúde garantidos”, explicou a secretária.

Já a primeira-dama Lara Torres demonstrou toda sua alegria ao receber o título de madrinha do programa.

“São muitas famílias que precisam deste auxílio e estou muito orgulhosa em ajudar como madrinha neste relançamento do programa na cidade”, declarou a primeira-dama.

Os visitadores também estão animados para iniciar o trabalho, tanto os novatos como os que já atuavam em anos anteriores, como a professora Marinete Ramos, de 54 anos.

“Minha expectativa e motivação são as melhores possíveis porque os resultados que já obtivemos com as crianças foram muitos satisfatórios. Quero continuar contribuindo com o desenvolvimento das crianças e valorização das famílias carentes para atingir todos os objetivos do programa”, revelou Marinete que também foi a responsável do grupo de visitadores a entregar o título de madrinha à primeira-dama.

Também participaram da solenidade, a secretária municipal de Saúde, Larissa Storte; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Ana Beatriz Nunes, entre outras autoridades.

Como vai funcionar – Os 59 contratados, selecionados através de processo seletivo e distribuídos entre as funções de visitadores (53) e supervisores (6), estão concluindo a capacitação da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. A meta é que os profissionais comecem a atuar ainda neste mês de setembro.

De acordo com a assistente social e coordenadora do programa em Magé, Dulceneia Brum, os profissionais vão atender crianças de 0 a 3 anos, com visitas semanais; de 0 a 6 anos com deficiência (visitas quinzenais) e gestantes (mensais) de um total de 1.590 mil famílias assistidas na cidade, todas cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico).

Cada visitador deve ficar responsável pelo atendimento a 30 famílias, realizando diversas atividades lúdicas a fim de observar o desenvolvimento das crianças. No caso das gestantes, o trabalho consiste em orientações e necessidades do acompanhamento do pré-natal.

“Fazemos ainda um trabalho integrado à rede de serviço municipal, reunindo a Saúde, Educação, Cultura e Assistência Social, com o objetivo de viabilizar o acesso das crianças às políticas públicas referenciadas no combate à vulnerabilidade social”, detalhou a assistente social.

O “Criança Feliz” foi criado pelo governo federal em 2016, custeando integralmente as despesas com recursos para o pagamento dos profissionais e materiais de uso do programa.

Fotos: Phelipe Santos

 

 

Notícia anteriorMAGÉ RECEBE CERTIFICADO COM VALOR DE OUTORGA DO LEILÃO DA CEDAE
Próxima notíciaGUARDA MUNICIPAL DE MAGÉ RECEBE GM DO RIO DE JANEIRO PARA CAPACITAÇÃO