MAGÉ PARA ELAS TOMA CONTA DO CALÇADÃO NO CENTRO DO PRIMEIRO DISTRITO

Serviços oferecidos foram da retirada de documentos até o atendimento do Ônibus Lilás

No Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura de Magé pôs nas ruas, pela segunda vez, o projeto Magé para Elas, de serviços voltados para o público feminino. Nesta terça-feira (08/03), o aparato foi montado no calçadão do Centro do primeiro distrito. Ele incluiu estandes com atendimentos como retirada de segunda via de documentos e Espaço da Beleza, além do Ônibus Lilás do Governo do Estado para o combate à violência contra a mulher. O prefeito Renato Cozzolino visitou o local à tarde. “Sou um defensor dos direitos das mulheres desde quando era deputado (estadual). Em Magé, já abrimos um Centro Especializado de Atendimento à Mulher Mageense (Ceam) e distribuímos absorventes em 3 mil cestas básicas para mulheres em vulnerabilidade”, destacou Renato.

Durante a manhã, o secretário Municipal de Governo e de Fazenda, Vinicius Cozzolino, esteve no calçadão e conversou com a população – cerca de 500 pessoas fizeram uso dos serviços até o meio-dia. “Essa foi uma semana planejada com muito cuidado. Todos os órgãos da Prefeitura de Magé estão trabalhando em sincronia para a promoção das ações voltadas para a defesa do direito das mulheres”, relatou. A secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Flávia Gomes, pontuou que, dessa vez, houve um serviço a mais do que no primeiro Magé para Elas, que aconteceu em Piabetá. “Fizemos o agendamento para que as pessoas possam retirar a segunda via de documentos no Detran do Centro de Magé nos próximos dias 14 e 15″, explicou.

A dona de casa Rosilene Pacheco de Souza, 45, moradora do Parque Iriri, aproveitou a oportunidade para agendar a troca da Carteira de Identidade e mudar o nome de solteira para de casada. “Isso vai facilitar muita coisa. Tem muitos serviços que não consigo realizar porque não estou com o nome de casada na identidade. Por exemplo: para fazer o cartão do banco, estão exigindo documentos com nome de casada”, contou. Moradora da Vila Esperança, a vendedora Dhulli Oliveira, 31, usou o Espaço da Beleza para uma sessão de massoterapia. “Sou mãe de uma criança especial e, hoje, tinha um evento para o empoderamento feminino na Pestalozzi. Lá, fiquei sabendo do que ia acontecer aqui. Por conta disso, vim aproveitar os serviços”, comentou.

54% de mulheres

Coordenadora das Políticas Públicas da Mulher de Magé, Leiliane Pinheiro disse, no evento, que um dos maiores desafios é o combate à violência doméstica. “O grande desafio durante essa pandemia foi ter que lidar com o aumento da violência doméstica. Para isso, foi muito importante abrir o Ceam. Com uma equipe técnica especializada, a mulher tem todo o apoio que precisa”, afirmou. Ela informou que Magé tem cerca de 54% da população de mulheres. Desse total, cerca de 34% se tornaram microempreendedoras individuais (MEIs), segundo dados da Secretaria de Trabalho, Emprego, Indústria, Comércio e Geração de Renda. “Entre as mulheres de 21 a 35 anos, o percentual de MEIs sobe para 49%”, acrescentou o secretário Fernando Assunpção.

Outros secretários, além da primeira-dama Lara Torres, também participaram do Magé para Elas. Foram eles: Bruno Lourenço (Comunicação e Eventos), Geilton Câmara (Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade) e José Amaral (Proteção e Defesa Civil).

(Fotos: Gilson Jr. e Fabrício Gava)

Notícia anteriorMAGÉ CONCORRE AO PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR DO SEBRAE
Próxima notíciaPROCON MAGÉ FISCALIZA MERCADOS E COBRA O CUMPRIMENTO DA LEI QUE PROÍBE A VENDA DE SACOLAS PLÁSTICAS