PARQUE JARDIM SANTO ANTÔNIO COMEÇA A SER PAVIMENTADO PELA PREFEITURA

Secretaria Municipal de Infraestrutura vai usar 300 toneladas de asfalto para as obras

O Parque Jardim Santo Antônio, no segundo distrito, vai ter sua paisagem alterada. O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, esteve, nesta quinta-feira (24/02), no bairro, para dar início à pavimentação de seis ruas. O pontapé para o começo do asfaltamento foi dado pela via principal, a Avenida Teresa Bandeira Salomão. Ao todo, serão 450 metros de obra nela, que ainda terá instalado, a cada 40 metros, um sistema de drenagem conhecido como boca-de-lobo, com canaletas nas laterais para o escoamento da água das chuvas para o rio Roncador. “É um marco. Os moradores desse bairro esperaram uma vida inteira pelo primeiro caminhão de asfalto. Ao longo desse ano, espero poder pavimentar todas as ruas do Jardim Santo Antônio”, comentou o prefeito.

As máquinas da administração municipal começaram a derramar o asfalto – serão 300 toneladas – a partir da ponte que liga o Jardim Santo Antônio ao Jardim Esmeralda. Além da avenida, serão asfaltadas as transversais 2, 3, 4, 5 e 20. “Nessas ruas, também vamos executar o serviço de macrodrenagem, com manilhas de 600 mm. Estamos realizando, ainda, uma grande obra de contenção de encostas nas margens do rio Roncador”, acrescentou o secretário de Infraestrutura, Marcos Pereira. Ele explicou que esta parte da obra envolveu grande esforço de mão-de-obra e utilizou 36 toneladas de concreto para recompor a lateral do fim da Avenida Teresa Bandeira, ao lado do rio. Na área concretada, a Prefeitura pretende instalar uma praça, com bancos e academia da terceira idade.

Os moradores acompanharam as obras de perto. Aposentada, Edilza Barbosa, 62, comemorou que os filhos não terão mais dor-de-cabeça para entrar e sair do bairro. “Os  carros do meu filho sofreram com a buraqueira da rua. Minha filha também passou maus momentos quando precisou sair para a faculdade com lama nos pés”, lembrou. A autônoma Gláucia Penha, 37, saudou os benefícios da pavimentação para as crianças que precisam do ônibus escolar para estudar. “O ônibus para aqui na cabeceira da ponte para pegar os alunos. E, com as ruas asfaltadas, as mães ficarão mais tranquilas porque seus filhos chegarão na escola em segurança”, disse. A Francine, que tem um filho de um ano e sete meses, não quis gravar uma entrevista, mas falou rapidamente com a reportagem: “O asfalto vai facilitar o uso do carrinho de bebê”.

(Fotos: Phelipe Santos)

Notícia anteriorSAÚDE REALIZA AÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO ÀS IST’S
Próxima notíciaNOVA REALIDADE PARA OS ACOLHIDOS DA ANTIGA CASA DE SHEILLA