PREFEITO QUER CONSTRUIR ESCOLA AGRÍCOLA MUNICIPAL NO TERCEIRO DISTRITO

Renato Cozzolino também falou sobre parceria com o Estado para reequipar o Colégio Agrícola de Suruí 

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, pretende construir uma escola agrícola municipal no terreno de 107 hectares do Centro de Ensino Integrado Agroecológico (Ceia) Barão de Langsdorff, mais conhecido como Colégio Agrícola de Suruí. Além disso, quer abrir um braço do Centro de Produção de Alimentos e Propagação de Mudas e Sementes Melhoradas (Cepam) no local. Atualmente, o Cepam funciona com uma unidade na Cachoeira Grande, em Rio do Ouro. “Estamos discutindo com o Governo do Estado, que administra o colégio, questões diversas, como a contratação de funcionários para cuidar do patrimônio público e a aquisição de ferramentas, equipamentos e insumos para os laboratórios de Química e de Processamento de Alimentos”, declarou Renato.

O secretário Municipal de Agricultura Sustentável de Magé, Luis Gustavo Ramos, que acompanhou o prefeito durante uma visita ao Ceia no início de outubro, explicou que o Plano Diretor do Município determina a instalação de uma escola agrícola para contemplar os primeiro e segundo segmentos do ensino fundamental. “O colégio estadual fica em uma área que tem um grande espaço para isso. Além do mais, contaremos com a facilidade do aluno sair do ensino fundamental direto para o ensino médio na mesma localidade”, disse. Na ida ao Colégio Agrícola de Suruí, Renato Cozzolino também falou com diretores, professores e alunos sobre a pavimentação de 1,5 km da Estrada da Conceição e a concretagem da quadra de terra batida da unidade de ensino.

Na conversa, o prefeito ouviu dos alunos uma contrapartida ao auxílio que a administração municipal quer oferecer ao estado para reerguer a Ceia. Eles se comprometeram a colaborar com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura para dar suporte técnico à implantação de hortas comunitárias em algumas escolas da rede municipal mageense. “A ideia dessa parceria que será firmada em breve é para levar mais investimentos e recuperar a importância que o Colégio Agrícola de Suruí teve no passado. O prefeito ficou muito sensibilizado com a visita que fez, pois notou como o colégio é grande e tem estrutura para produzir mais”, relatou o secretário Ramos.

Notícia anteriorFINADOS: CEMITÉRIOS DE MAGÉ DEVERÃO RECEBER ATÉ 5 MIL PESSOAS CADA
Próxima notíciaMAGÉ SEGUE APLICANDO DOSES DE REFORÇO CONTRA A COVID-19