PREFEITURA COMEÇA A PREPARAR RUA DA VILA RECREIO PARA RECEBER O ASFALTO

Rua Carlos Faccini faz a ligação entre bairros. Infraestrutura pretende usar 1.000 toneladas na pavimentação

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, e a vice-prefeita, Jamille Cozzolino, estiveram, na última quarta-feira (18/05), na Vila Recreio, no sexto distrito, para anunciar o início da preparação da Rua Carlos Faccini para a pavimentação. A via, que liga o bairro à Ponte Preta, vai receber 50 caminhões de brita corrida esta semana. Quando estiver pronta, a Secretaria Municipal de Infraestrutura pretende utilizar 1.000 toneladas de asfalto para melhorar o tráfego de veículos na região. “Paralelo à questão do pedágio, não podemos deixar o povo da Vila Recreio esperando. É por isso que vamos realizar a manutenção dessa rua para que ela receba o tão sonhado asfalto”, declarou o prefeito.

A patrol e a retroescavadeira já estão fazendo a sua parte com a terraplanagem dos 1.200 metros da Rua Carlos Faccini. Secretário Municipal de Infraestrutura, Marcos Pereira comentou que esta obra foi planejada em tempo recorde: “O nosso prefeito continua dando aula de gestão e de execução direta em nosso município. Trata-se de uma obra de infraestrutura urbana que vai melhorar a mobilidade e a ligação entre dois bairros”. Pereira disse ainda que a intervenção pretende levar mais qualidade de vida à população local e melhorar o acesso para os pequenos comerciantes que têm negócios na área.

Esse é o caso do agricultor e comerciante Antônio Antero, 50, que mora há 15 anos nas margens da Rua Carlos Faccini. Ele tem um pesque-e-pague no bairro que sofre não só com as más condições de acesso, mas também com o alto pedágio cobrado na Rodovia BR-116. “Aqui, sempre teve muito buraco e, na maior parte das vezes, eu e a minha família é que tapávamos todos por conta própria. Agora, com a chegada do asfalto, muita coisa vai mudar para melhor”, acredita. Outro agricultor do bairro, o Carlos Roberto de Oliveira, o seu Beto, 61, torce para que a pavimentação agilize a assistência a moradores com problemas de saúde. “Vai ser muito mais fácil para a ambulância chegar e socorrer alguém”, disse.

(Fotos: Lucas Santos)

Notícia anteriorMAGÉ REALIZA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA 2022
Próxima notícia100 TONELADAS DE ASFALTO NA RUA JUVENAL MARIANO EM SANTO ALEIXO