SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA INICIA PACOTE DE OBRAS NO BAIRRO FLEXEIRAS

Primeiras intervenções serão para reconstruir ponte de pedestres e drenar a Rua das Araras

A Prefeitura de Magé começou, esta semana, um conjunto de intervenções que vai movimentar o bairro Flexeiras, no primeiro distrito. Nesta terça-feira (03/05), trabalhadores e máquinas da Secretaria Municipal de Infraestrutura chegaram ao local para iniciar a modernização da rede de drenagem existente na Rua das Araras e para reconstruir uma ponte de pedestre que caiu nas últimas grandes chuvas. Além disso, o Executivo municipal também vai instalar 250 novos postes de iluminação com luz de LED na Avenida Duque de Caxias, restaurar uma pista de skate e trocar outra ponte de pedestre que passa sobre o Canal de Magé.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marcos Pereira, trata-se de um pacote de obras que os moradores de Flexeiras esperam “há muitos anos”. “O prefeito Renato Cozzolino determinou ações imediatas, pois são demandas muito antigas dos moradores. A Rua das Araras vem sofrendo com inundações constantes, prejudicando a vida de dezenas de famílias”, garantiu. Para resolver os problemas de alagamento, a Prefeitura vai trocar toda a rede de manilhas e substituir a existente, que é de 300 mm, por uma nova, de 600 mm. “Isso vai permitir a vazão da água e evitar transbordamentos”, explicou Pereira. Serão, ao todo, 200 metros de macrodrenagem.

Já a ponte de pedestres que era muito utilizada pelos moradores para atravessar o Canal de Magé para fazer compras nos supermercados, padarias e farmácias, e que caiu em uma das últimas enchentes, será reconstruída. “Faremos, no momento, uma recuperação emergencial com tubos PAD duplo de 1.200 mm. Mas, a licitação para a construção de uma nova ponte segue”, pontuou o secretário. O restabelecimento da passagem de uma margem a outra do canal agradou os moradores. “É uma questão de acessibilidade. Hoje, para passarmos para o outro lado, temos que andar mais 30 minutos até a próxima ponte”, revelou o  presidente da Associação de Moradores, Gerry Santos, 52.

Na última enchente, há cerca de dois meses, as águas tomaram a rua e chegaram a invadir algumas casas. Morador de Flexeiras há três décadas, o comerciante Rafael Sodré, 33, contou que já perdeu muitas coisas, como eletrodomésticos e móveis. “No fim da rua, ainda temos o Rio Roncador. Tem vezes que enche de todos os lados e a Araras vira um único rio”, comentou. “O tempo das inundações vai ficar no passado”, acredita.

(Fotos: Gustavo Luzório)

Notícia anteriorPREFEITURA ABRE INSCRIÇÃO PARA SEMANA DA ENFERMAGEM
Próxima notíciaMAGÉ FUTSAL ESTREIA NO CAMPEONATO CARIOCA COM VITÓRIA POR 10 A 1 CONTRA GRAMA CITY