MAGÉ INICIA CAFÉ DO TRABALHADOR NA RODOVIÁRIA DE PIABETÁ

São 500 refeições servidas por dia

Em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura de Magé iniciou nesta quinta-feira (7) o Café do Trabalhador, projeto que fornece, a partir das 4h30, café, pão e fruta para quem está indo trabalhar e ainda não conseguiu fazer a primeira refeição do dia. A ação acontece de segunda a sexta-feira, na rodoviária de Piabetá.

“Esse projeto é muito importante para quem sai do município muito cedo e muitas vezes não tem o valor necessário para tomar o café da manhã que é tão importante. A partir de hoje, de segunda a sexta-feira, serão servidas 500 refeições por dia. Temos certeza que esse serviço é fundamental e vai fazer a diferença na vida de muitas pessoas”, diz a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Flávia Gomes.

O mototaxista Douglas Felipe, de 29 anos, gastava cerca de R$ 6,00 para tomar o famoso cafézinho da manhã. Ele que trabalha próximo a rodoviária agradeceu pelo projeto. “Vai ajudar muito a gente que trabalha aqui no mototáxi, o movimento não está muito bom e as coisas estão um pouco difíceis. Quando a gente compra um salgado custa de R$ 6 a 7 reais, esse café já vai ajudar bastante, porque vamos economizar e ainda vamos comer uma fruta”.

O café também é uma oportunidade para quem passa pelo local. Ana Maria, de 55 anos, aprovou o Café do Trabalhador. “Nós estamos precisando de um projeto como esse, porque muitas vezes não temos dinheiro nem para tomar um cafezinho. Isso é muito bom, está aprovado”.

O prefeito Renato Cozzolino reforçou que quem ganha com o projeto é o povo. “Esse projeto é mais uma parceria de sucesso do Estado com a Prefeitura e quem ganha é a população que precisa de serviços como esse. Assim como RJ Alimenta, o Café do Trabalhador garante e promove a segurança alimentar num momento de crise econômica”.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Júlio Saraiva, esteve na abertura do programa e destacou a parceria com o município. “Essa é uma oportunidade ao trabalhador que acorda muito cedo e na maioria das vezes não tem tempo ou condições de fazer a primeira refeição do dia. Já temos algumas parcerias com o município, como o RJ Alimenta e o Cartão Recomeçar. Estamos analisando a abertura do restaurante popular em Magé e agora vamos estudar a proposta de estender o projeto para rodoviária de Magé”, diz.

Fotos: Lucas Santos

Notícia anteriorPOSTOS DO SINE DE MAGÉ CAPTARAM MAIS DE 200 VAGAS EM 2022
Próxima notíciaMAGÉ TEM SEMANA DO EMPREENDEDOR DE 18 A 22 DE JULHO