MAGÉ INICIA TRATAMENTO A DOMICÍLIO PARA PACIENTES COM DIVERSAS PATOLOGIAS

Programa Melhor em Casa oferece tratamento com equipe multiprofissional

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lançou neste mês o programa “Melhor em Casa”, com atendimento multiprofissional a domicílio e cuidados especializados em pacientes de 25 a 85 anos com algumas patologias. A iniciativa do programa federal é evitar e reduzir a permanência dessas pessoas nos hospitais, garantindo atendimento seguro e humanizado com mais comodidade.

“O Melhor em Casa faz um tratamento multiprofissional nos pacientes. Temos dois médicos, dois enfermeiros, três técnicos de enfermagem, uma fisioterapeuta, uma assistente social, um psicólogo e uma fonoaudióloga nesse início do programa. Atendemos pacientes de 25 a 85 anos de idade que moram em Magé e tenham as seguintes patologias: reabilitação motora e idosos., além de pacientes oncológicos, crônicos sem agravamentos e pós covid”, explica Marcele Sousa, assistente social e coordenadora do projeto.

Elis Regina, de 54 anos, moradora de Andorinhas, em Santo Aleixo, é uma das primeiras beneficiadas pelo programa que começou este mês. Ela teve um Acidente Vascular Encefálico (AVE) e precisava desse suporte em casa por conta da dificuldade de locomoção.

“Esse atendimento é tudo que a gente precisa. Minha mãe ficou doente por um tempo e não tinha isso. Um atendimento desse era o que ela precisava, porque era difícil sair de casa com ela. Estou tendo essa oportunidade e tenho esperança que com esse tratamento vou ficar boa rapidinho”, diz Elis.

Além do suporte de saúde, os pacientes que precisam de benefícios sociais são encaminhados pelo programa. “Nós orientamos e fazemos contato com o CadÚnico para agilizar os benefícios sociais. Quando identificamos que a família necessita de um benefício eventual, fazemos um relatório, encaminhamos para os CRAS e eles fazem a visita”, detalha Marcele.

Para participar do “Melhor em Casa”, o paciente precisa ser encaminhado pela rede de urgência e emergência, que são os hospitais 24h. “Os nossos pacientes são atendidos pelos hospitais e 24 horas da cidade. Eles fazem o encaminhamento através de uma planilha e nós fazemos o primeiro atendimento para verificar se o paciente realmente se enquadra no programa”, completa a coordenadora.

Fotos: Gilson Jr.

Notícia anteriorCONHEÇA OS CONTEMPLADOS COM O BOLSA-ATLETA ATRAVÉS DE VOTAÇÃO POPULAR
Próxima notíciaCANTA MAGÉ: VOTAÇÃO DO PÚBLICO SEGUE NESTA SEGUNDA-FEIRA (15)