SANTA DALILA EM OBRAS! INFRAESTRUTURA RECUPERA PRAÇA E OITO RUAS

Secretário diz que bairro não passa por reformas há muito tempo: “Vai melhorar a qualidade de vida”

Bairro de Santa Dalila terá praça principal e oito ruas reformadas. Além disso, quatro ruas serão preparadas para receber 400 toneladas de asfalto ainda esse ano (FOTO: Phelipe Santos)

Uma força-tarefa da Secretaria Municipal de Infraestrutura desembarcou, esta semana, em Santa Dalila, no quarto distrito de Suruí. Funcionários da pasta permanecerão no local por algumas semanas para a reforma da praça Mário Pinheiro e o conserto de oito ruas. Quatro delas também estão sendo preparadas para a pavimentação. Ao todo, 400 toneladas de asfalto deverão cair no bairro ainda este ano. “Temos um novo momento de obras para o governo municipal, com serviços mais bem projetados e custos bem definidos, por execução direta. Estamos entrando também nas etapas de licitação de grandes obras, como a construção de pontes para dar acessibilidade a bairros que não conseguem desenvolvimento”, informou o secretário Marcos Pereira.

Ele disse ainda que as obras em Santa Dalila eram uma reivindicação antiga dos moradores: “São intervenções que irão melhorar a qualidade de vida dos cidadãos”. Na praça, a principal do bairro, trabalhadores da Prefeitura estão pintando bancos e meios-fios e realizando a manutenção dos brinquedos. Além disso, a Infraestrutura também fará a modernização do ginásio instalado na praça e a troca de 20 pontos de iluminação, que passarão a ser de LED. “Essa mudança na iluminação vai proporcionar mais segurança e representará uma economia de até 80% para os cofres públicos”, assegurou Pereira. Avançando um pouco mais sobre o bairro, máquinas pesadas estão patrolando (nivelando) oito ruas. Duas das mais utilizadas, a 22 e a 23, já começaram a receber brita corrida.

Em Santa Dalila, serão jogados 500 metros cúbicos de brita e instalados 2.000 metros de meio-fio e 1.000 metros de manilha para a drenagem pluvial. “Aqui, no bairro, temos dois projetos para a drenagem e o saneamento básico. Nas ruas, pretendemos dar dignidade aos moradores, pois tinha lugar onde o carro não conseguia entrar”, assegurou o secretário.

Praça iluminada

A reforma da Mário Pinheiro vem agradando não só os moradores, mas, principalmente, os comerciantes dos arredores. Dona do quiosque Costelão de Dalila, Simone Costa, 48 anos, sonha com o aumento da clientela à noite quando a nova iluminação ficar pronta. “As pessoas têm um pouco de medo de vir à praça de noite porque ela está mal iluminada. Com as novas lâmpadas, acredito que isso vai mudar”, declarou. Já o Daniel Camilo Mota, 23, proprietário do DM Mercadinho, crê que o faturamento de sua loja deverá ser afetado positivamente pelas obras no bairro. “Com uma praça bem cuidada, as famílias passarão a frequentar mais o local e, com isso, o movimento no meu mercado deve aumentar bastante. Acho até que deve crescer quase 80%”, arriscou.

Jardineiro e vendedor de verduras, Romeu da Silva Lima, 55, mora há sete anos em Santa Dalila e, segundo ele, é a primeira vez que vê obras pesadas acontecendo no bairro. “Do jeito que estava, com ruas esburacadas e cheio de lama, o pessoal estava fugindo daqui. Conheço muita gente que tem sítios e que não vinha mais para cá. Agora, já começo a ouvir das pessoas que elas pretendem voltar a frequentar o bairro”, contou. Outra moradora antiga de Santa Dalila, Ana Cristina Guimarães, 59, sofreu com as ruas enlameadas e irregulares de antes. “Meu filho perdeu uma perna em um acidente de moto há seis anos e era muito difícil para ele andar por aqui. A saída foi ele se mudar para Piabetá, onde tinha asfalto”, relembrou.

Notícia anteriorQUATRO UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA GANHAM POLO DE FISIOTERAPIA
Próxima notíciaINFRAESTRUTURA INTERDITA ESTRADA DA PIEDADE PARA OBRAS DE DRENAGEM