INFRAESTRUTURA COMEÇA A ASFALTAR DISTRITO AGRÍCOLA PELA RUA OSWALDO SILVA

Prefeitura já tem quatro projetos prontos para obras que também vão melhorar o escoamento da produção

Uma das mais movimentadas ruas da Cachoeira Grande, a Oswaldo Silva começou a receber, nesta terça-feira (26/04), toneladas de asfalto. É a primeira via do distrito agrícola a ser pavimentada neste governo. Por conta disso, o prefeito de Magé, Renato Cozzolino, foi conferir, de perto, o início dos trabalhos. “Muitos veículos passam por aqui todo dia e isso causava, com a poeira que levantava do chão, transtornos para os moradores. Decidimos desse jeito, então, começar a pavimentação pela Rua Oswaldo Silva, também conhecida como Rua do Campo do Boca do Mato. E vamos realizar aqui o que já realizamos em diversos distritos do nosso município”, afirmou Renato.

Acompanhando o prefeito, o secretário Municipal de Infraestrutura, Marcos Pereira, explicou que 500 toneladas serão utilizadas na pavimentação. São 500 metros de rua e 1.000 metros de meio-fio instalados nas laterais. Pereira disse ainda que as intervenções no distrito agrícola não param por aí. “Temos mais quatro projetos de Engenharia em curso, hoje, aqui no distrito. Vamos entregar, durante todo o ano, obras definitivas para melhorar a vida dos moradores e incrementar o escoamento da produção agrícola”, complementou. Uma dessas obras, de acordo com ele, é a dragagem com calha de cerca de 1 km do acesso à cachoeira do Véu da Noiva.

Do portão de casa, a família da dona Dalila Augusto, 81, viu os caminhões (foram 12 no primeiro dia) e os rolos compressores chegarem para o começo do asfaltamento. “Moramos aqui há mais de 50 anos e nunca tínhamos visto uma movimentação como essa”, relatou a matriarca. A filha Cláudia, 49, contou que, sem o asfalto, veículos de aplicativo de transporte não entravam no bairro. Já a filha Cristiane, 45, declarou que sofria para ter que sair de casa às 4h da manhã para trabalhar: “Na época de chuva, era o horror”. Agricultor, João Batista, 59, o Cigano, acredita que o asfalto vai aumentar sua renda, pois vai facilitar o transporte do milho e do aipim que produz.

(Fotos: Lucas Santos)

Notícia anteriorMAGÉ FUTSAL JOGA EM CASA NA ESTREIA DA TEMPORADA 2022
Próxima notíciaAGENTES DE SAÚDE DE MAGÉ VÃO À RUA PARA CONSCIENTIZAR POPULAÇÃO SOBRE HIPERTENSÃO