SECRETARIA CARIMBA PASSAPORTE PARA TURISTAS QUE VISITAM A ESTRADA REAL

O turismólogo Felipe Abreu foi o primeiro a ter o documento carimbado na sede da Secretaria de Educação e Cultura

Quer conhecer igrejas seculares, três quilombos certificados e diversos atrativos naturais, como cachoeiras, praias e unidades de conservação? Tudo junto? Então, vá a Magé e percorra uma das principais e mais antigas rotas turísticas do Brasil: a Estrada Real. Agora, você pode desfrutar de tudo isso e ainda ter sua visita registrada no passaporte oficial do instituto que cuida desse patrimônio histórico. “Ter Magé, oficialmente, como ponto de carimbo desse documento coloca o município no mapa dos viajantes. Agora, seremos o ponto de partida no Estado do Rio, pois somos os primeiros credenciados a carimbar passaportes no Caminho Novo”, comemorou o diretor do Departamento de Cultura, Victor Hugo Machado.

Ele também salientou que o fluxo de pessoas que virá à cidade fará com que a receita dos estabelecimentos que oferecem serviços de apoio ao turismo aumente. “Isso, certamente, vai trazer novos empreendimentos turísticos para Magé, fazendo com que nos tornemos um produto mais atrativo para este setor nas mais diferentes potencialidades, seja explorando roteiros culturais, naturais ou rurais”, comentou. O diretor listou ainda diversas áreas que ele acredita que serão beneficiadas com o aumento do número de visitantes: “sustentabilidade econômica dos empreendimentos, artesanato local, valorização do emprego e da renda, valorização de Magé sob o ponto de vista histórico-cultural e promoção como destino turístico”.

A inclusão de Magé como ponto de carimbo do Passaporte da Estrada Real já fez com que alguns turistas procurassem a Prefeitura. O turismólogo Felipe Augusto Abreu, que leva visitantes para conhecer o Caminho do Ouro em outras cidades, foi o primeiro a ter o documento carimbado. Ele esteve na sede da Secretaria Municipal de Educação e Cultura na última quinta-feira (17/11) e falou sobre a alegria de explorar a Estrada Real em Magé: “Decidi oferecer algo diferente na minha agência e, por isso, sempre cadastro meus clientes para terem o passaporte. Com a inclusão de Magé, vamos passar a percorrer a Estrada Real a partir da cidade. Já estou até pensando em criar um passeio que vá até Paraíba do Sul”.

Como e onde carimbar

O ponto de carimbo fica na sede da Secretaria de Educação e Cultura, na Rua Padre Anchieta, 137, no Centro de Magé. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Para obter o passaporte é simples. O turista precisa fazer o cadastro no site do Instituto Estrada Real (https://institutoestradareal.com.br/passaporte/) e, assim que receber um código de cadastramento, deve se dirigir a um ponto de retirada com 1 kg de alimento não perecível. Dessa forma, estará apto a embarcar nessa aventura e percorrer as belezas da Estrada Real.

(Fotos: Marcelo Dias)

Notícia anteriorMAGÉ FORMA 230 ALUNOS EM OFICINAS DE INCLUSÃO PRODUTIVA
Próxima notíciaRITMO DA COPA DO MUNDO INVADE A INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS