SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE MAGÉ PARTICIPA DE DEBATE RACIAL NA BIENAL DE SP

Convite surgiu a partir da adesão do município ao Pacto de Cidades Antirracistas do Estado do Rio

Magé segue sua atuação no combate ao racismo. O diretor do Departamento de Cultura (Depac) da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Victor Hugo Machado, a coordenadora de Promoção da Igualdade Étnico Racial e Diversidade (Copied), Kirce Bermute, e o assessor do Depac, Douglas Martins participaram, no último fim de semana, das discussões voltadas à paz, justiça, instituições eficazes e combate ao racismo no evento Virada ODS sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU, como parte das atividades da Bienal de São Paulo.

O convite a Magé foi feito pela secretária de Relações Internacionais da Cidade de São Paulo, Marta Suplicy, em decorrência da adesão do município ao Pacto de Combate ao Racismo da Rede de Cidades Antirracistas do estado do Rio de Janeiro, no mês passado.

“Além de integrar as discussões, tivemos a oportunidade de costurar parcerias em prol da implementação de mais políticas públicas relativas ao tema na nossa cidade, principalmente na rede pública municipal de ensino”, disse o diretor Victor Hugo.

O grupo de Magé esteve junto a figuras públicas nacionais e internacionais, como a filósofa Djamila Ribeiro e o também filósofo camaronês Achille Mbembe, além da ex-presidente do Malawi, Joyce Banda, a cineasta cambojana Loung Ung, a doutora em estudos feministas, Carla Akotirene e o rapper MV Bill.

Pacto de Combate ao Racismo – A parceria reúne 24 cidades do estado do Rio para criar a Rede de Cidades Antirracistas, com o objetivo de promover cooperação técnica e pensar políticas públicas em diversas áreas, incluindo desde educação e cultura até saúde, esporte, ciência e segurança. A iniciativa atende ainda aos objetivos do desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

Integram a Rede de Cidades Antirracistas, além de Magé, os municípios do Rio de Janeiro, Niterói, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Barra Mansa, Três Rios, Campos dos Goytacazes, Nilópolis, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Macaé, Volta Redonda, Quatis, Quissamã, Queimados, Paraty, Japeri, Petrópolis, Itaguaí, Paty do Alferes, Barra do Piraí e São João da Barra, além de Salvador (Bahia).

 

Notícia anteriorMAGÉ INCLUI SETOR RURAL EM ROTEIRO TURÍSTICO
Próxima notíciaCEMITÉRIO DE RAIZ: MAIS IMPORTANTE OBRA DE CONTENÇÃO DE ENCOSTAS EM DEZ ANOS