SECRETARIA DEBATE PAUTAS COM FEIRANTES DA AGRICULTURA FAMILIAR DE MAGÉ

Encontro teve objetivo de melhorar o trabalho da categoria na cidade

A Secretaria Municipal de Agricultura Sustentável e uma comissão de feirantes da agricultura familiar estiveram reunidos, nesta quarta-feira (03-02), para debater algumas pautas da categoria para melhorar as condições de trabalho nas feiras semanais (às quartas no calçadão comercial do Centro de Magé e aos sábados em Piabetá). A Secretaria também propôs aos feirantes que eles constituem uma associação para ter uma participação mais efetiva nas formulações das políticas públicas para o setor, como um assento no Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

 

As principais reivindicações dos feirantes da agricultura são as seguintes: reformas das barracas e apoio para alguns problemas específicos na feira de Piabetá, como vendedores clandestinos e trânsito impróprio de bicicletas e motos entre as barracas.

 

Além de trabalhar para atender o pedido em relação às barracas e buscar apoio da Fiscalização de Posturas, Guarda Municipal e Ordem Pública para atender às demandas específicas na Feira de Piabetá, o secretário municipal de Agricultura Sustentável, André Castilho Costa, informou outra sugestão feita aos feirantes.

 

“Propomos que eles também formulem acréscimos e/ou mudanças na lei municipal atual (de 2019) que instituiu as feiras de agricultura familiar para gente avaliar e encaminhar à Câmara de Vereadores”, disse o secretário.

 

Os representantes dos feirantes consideram o encontro muito positivo para a categoria. “Recebemos informações que vão nos favorecer muito, já que temos um trabalho diferenciado das feiras livres tradicionais. A gente vai conseguir, a partir das orientações, definir o nosso papel para melhorar a comercialização dos nossos produtos”, disse Marcilene Echer, do Sítio Santo Antônio, em Rio dos Cavaleiros, 3º Distrito (Rio do Ouro).

Notícia anteriorENXAME DE ABELHAS É RETIRADO COM CAMINHÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM PAU GRANDE
Próxima notíciaPROVA DO PROCESSO SELETIVO DA EDUCAÇÃO ADIADA PARA 20/2