SECRETÁRIOS OUVEM COMERCIANTES SOBRE MELHORIAS EM SANTO ALEIXO

Encontro discutiu ações para incremento do turismo e fiscalização de linhas de ônibus

Durante o encontro, representantes do Poder Executivo ouviram da população alguns pedidos para fazer com que Santo Aleixo desenvolva a partir do turismo, da geração de emprego e renda e da melhoria da qualidade de vida. O resultado da reunião será levado ao prefeito Renato Cozzolino (FOTO: Lucas Santos)

Comerciantes e moradores de Santo Aleixo reuniram-se, nesta terça-feira (31/08), com os secretários de Trabalho, Emprego, Indústria, Comércio e Geração de Renda, Fernando Assunpção Cozzolino, e de Segurança Pública, André Lopes, para discutir melhorias para o segundo distrito. O encontro aconteceu na sede do Andorinhas Futebol Clube. Dentre os assuntos discutidos, os participantes falaram sobre a regularização do turismo e do acesso às cachoeiras, a fiscalização das linhas de ônibus e a melhoria de praças, dentre outras coisas. “Todas as questões discutidas aqui serão levadas para o prefeito (Renato Cozzolino), que vai avaliar, junto às secretarias responsáveis, a viabilidade de cada pedido”, destacou Fernando.

Lopes aproveitou a reunião para informar aos presentes que também pretende discutir com o chefe do Executivo municipal ações para o próximo verão. “Pretendo implantar o Projeto Verão, com reboque durante toda a estação para a retirada de veículos irregulares das ruas de Santo Aleixo. Além disso, vamos deixar um efetivo fixo de agentes de trânsito e controladores da ordem pública atuando no distrito”, adiantou o secretário. Ele disse ainda que quer colocar em prática outro projeto, o Lixo Zero, de distribuição de sacos de lixo para os turistas que visitarem os principais pontos de Magé. “Queremos também levar palestras para as escolas com a finalidade de sensibilizar as crianças. A palavra de ordem é conscientização”, revelou.

Um dos principais empreendedores de Santo Aleixo, Waldemar Garcia Mello, de 68 anos, o Zico Mello, comentou que cachoeiras, rios e poços do segundo distrito não devem nada aos atrativos de Sana e de Visconde de Mauá, na região Sul Fluminense. “Temos muitas condições de fazer da nossa região um polo turístico de destaque. Estive em Bonito, no Mato Grosso do Sul, e vi de que forma as belezas naturais podem ser melhor exploradas. Poderíamos fazer atividades de flutuação como as de lá”, apontou. Uma das principais reclamações dos moradores foi sobre a volta do ônibus circular conhecido como Capelinha. “Muitas empresas quebraram com a pandemia. O prefeito já tentou trazer essa linha de volta, mas as dificuldades econômicas dificultam”, afirmou o secretário Fernando.

 

 

Notícia anteriorPREFEITURA REALIZA DISCUSSÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA EM MAGÉ
Próxima notíciaMAGÉ FECHA PARCERIA COM ONG DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL