SECRETARIA DE TRABALHO FECHA PARCERIA COM O BB PARA AJUDAR MICROEEMPRENDEDORES DE MAGÉ

Como mais uma ação para ajudar os microempreendedores individuais (MEIs) de Magé a ampliarem seus negócios, a Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Geração de Renda acaba de fechar uma parceria com a agência do Banco do Brasil do Centro para informar ao segmento sobre a possibilidade de empréstimos em condições aos favoráveis na instituição financeira. O acordo foi fechado, no final da tarde da última sexta-feira, em reunião entre o secretário da Pasta, Fernando Assunpção Cozzolino, e o gerente do Banco do Brasil, Jorge Rainho, na Casa do Empreendedor.

“Inicialmente, o gerente do Banco do Brasil vai disponibilizar funcionários da instituição financeira para realizar um treinamento com os nossos servidores nesta sexta-feira (22) para que eles possam informar aos microempreendedores que procuram nossos serviços sobre os benefícios do banco”, disse o secretário acrescentando que o Banco do Brasil também vai montar um stand durante a “Semana do Empreendedor”, já programada pela Secretaria para acontecer em março.

“A Semana do Empreendedor” vai oferecer cursos, oficinas, entre outras atividades em parceria com o Sebrae, além de orientações e suportes básicos na administração das pequenas empresas. Magé tem atualmente cerca de 20 mil MEIs, de acordo com a Secretaria Municipal de Trabalho, Renda e Geração de Renda.

“Tudo que pudermos fazer para colaborar com a Secretaria e com os microempreendedores, estamos à disposição. Geralmente, o segmento não usa os recursos que têm à disposição por desconhecimento”, disse Jorge Rainho informando ainda que, dependendo do faturamento e do patrimônio, entre outras características específicas de cada MEI, os juros para empréstimos são personalizados a partir de 1,15%, bem menores que os aplicados para pessoas físicas, por exemplo, que giram em torno de 5% a 6%. O prazo de pagamento dos empréstimos para os MEIs pode chegar até 24 meses, segundo o gerente.

SERVIÇOS PARA EMPRESAS – Além dos serviços ligados à Jucerja, como abertura e fechamento de empresas, julgamento (cadastramento), escrituração de livro mercantil (“vida” da empresa), alteração de dados cadastrais, entre outros, a Casa do Empreendedor viabiliza tudo realizado ao alvará (relacionado ao município), como suporte para emissão, alteração, cadastro (inscrição municipal), formalização e inserção no Portal do Empreendedor (CNPJ), suporte para emissão de pagamento mensal e outros.

A Casa do Empreendedor fica na Rua Sebastião Reis, 21, Flexeiras, telefone 2633-0108, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Fotos: Gilson Jr.

Notícia anteriorMATRÍCULAS ON-LINE: DÚVIDAS NO ACESSO E IDADE ESCOLAR
Próxima notíciaPREFEITURAS E ESTADO DISCUTEM SOBRE AS PRAÇAS DE PEDÁGIO EM MAGÉ