SEGUNDA EDIÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO COMEÇA EM 18 DE JULHO

Mageenses poderão escolher demandas prioritárias para o próximo ano

Após fazer sucesso em 2021 com mais de 7 mil votos, a votação do Orçamento Participativo está de volta. Entre os dias 18 e 22 de julho, a população mageense poderá decidir quais projetos e ações devem ser prioridade no orçamento do governo municipal para o próximo ano. Dessa vez, o projeto foi ampliado para 9 pontos presenciais que funcionarão de 9h as 17h, e também terá votação on-line.

“Os cidadãos são quem mais conhecem as necessidades de cada bairro e de cada distrito, então, nada mais justo do que nos ajudarem a decidir quais serviços necessitam mais atenção para realizarmos ao longo do próximo ano. Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, mas com a ajuda do povo mageense vamos trazendo as melhorias necessárias para nossa cidade”, explica o prefeito Renato Cozzolino.

Os pontos de votação presencial estarão espalhados por todos os distritos, a fim de alcançar o máximo de participação possível. As urnas estarão no Calçadão de Magé (1º distrito), no 24h de Santo Aleixo (2º distrito), na USF Jardim Esmeralda (2º distrito), no CEPAM (3º distrito), na Praça da Estação de Suruí (4º distrito), no 24h de Mauá (5º distrito), na Praça Sete de Setembro (6º distrito), no Poliesportivo Renato Medeiros (6º distrito) e no Largo do Canal do Maurimárcia (6º distrito). A votação on-line será realizada através do aplicativo Colab.

“Montamos uma metodologia para o Plano Plurianual (PPA) e dividimos as demandas em cinco eixos, como desenvolvimento econômico social, desenvolvimento humano, saúde, gestão e cidade. Os principais programas enviados pelas secretarias municipais vão para a votação e os escolhidos pela população vão receber maior previsão orçamentária para fazermos toda a estimativa de receita e despesa”, esclarece a secretária de Planejamento e Orçamento, Micaela Zeferino.

Desde a última votação, a Prefeitura já realizou grande parte dos projetos escolhidos no último ano. Todos os distritos colocaram em suas prioridades o asfalto e o saneamento, e diversas ruas receberam os serviços de lá pra cá em bairros como Barbuda, Piedade, Santo Aleixo, Jardim Esmeralda, Cachoeira Grande, Sem Terra, Parque Caçula, Fragoso, Campinho e muitos outros, além da grande obra de macrodrenagem no Centro de Magé.

Além disso, foi realizada também a recuperação de estradas e pontes da área agrícola, inauguração de creche e escolas. Também há projetos em andamento como a canalização do valão do Partido, em Suruí, construção de mais unidades educacionais, a obra de calçamento e ciclovia da Estrada Nova de Mauá, e o chamamento público para convênio com hospitais e clínicas oftalmológicas para atender a população mageense.

Notícia anteriorPARCERIA VIABILIZA NOVO POSTO DO DETRAN PARA EMISSÃO DE IDENTIDADE EM MAGÉ
Próxima notíciaPOSTOS DO SINE DE MAGÉ CAPTARAM MAIS DE 200 VAGAS EM 2022