MAGÉ OFICIALIZA COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA GESTÃO DE RECURSOS FEDERAIS

Município assinou, esta semana, adesão à Rede +Brasil para capacitação de servidores

[responsivevoice_button voice="Brazilian Portuguese Female" buttontext="Ouvir"]

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, assinou, esta semana, o Termo de Adesão ao Acordo de Cooperação Técnica que a coordenação Estadual da Rede +Brasil, a Secretaria Extraordinária de Representação do Governo em Brasília e o Ministério da Economia têm firmado com cidades fluminenses para capacitar servidores. Dessa forma, técnicos dos governos federal e estadual deverão vir à cidade, em 2023, para transmitir aos funcionários do município conhecimentos para melhor gerir os recursos públicos. “Agora, fazemos parte, oficialmente, da Rede +Brasil, o que vai auxiliar muito na nossa captação de verbas da União no ano que vem”, garantiu a secretária Municipal de Planejamento e Orçamento, Micaela da Costa Zeferino.

Para o coordenador de Monitoramento de Metas da SMPO, André Fernandes, a assinatura vai permitir que a Prefeitura lide melhor com recursos provenientes de emendas parlamentares que, geralmente, são utilizadas na área da Saúde e em convênios nos setores da Habitação, Meio Ambiente e Agricultura, entre outros. “Acredito que são valores que devem chegar perto de R$ 60 milhões, R$ 70 milhões. Sem o conhecimento devido, o servidor pode ter dificuldade na assinatura, execução e prestação de contas desses convênios ou deixar um montante desses passar despercebido e, com isso, não garanti-lo para a cidade”, ressaltou. André informou que, graças à capacitação que os técnicos da Secretaria já fizeram, o Executivo conseguiu firmar convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para projetos que serão executados na área do Meio Ambiente.

O coordenador informou que a ideia é capacitar de um a dois servidores de cada Secretaria para que possam acessar e saber utilizar a plataforma da Rede +Brasil. “É um sistema difícil de ser utilizado, especialmente por quem não o conhece. Com esse acordo, os funcionários da Prefeitura terão informações mais detalhadas sobre gestão desses recursos e sobre a relação com a Caixa Econômica e os ministérios, por exemplo”, comentou André, que, há uma semana, participou de três dias de capacitação (“Engenharia de Custos e Sinapi para gestores públicos municipais”) com profissionais da Caixa. A Rede +Brasil é uma rede de governança colaborativa que tem o objetivo de melhorar os gastos públicos.

Notícia anteriorPROFESSORAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE MAGÉ GANHAM PRÊMIO PAULO FREIRE
Próxima notíciaMAGÉ LUZ CELEBRA ESPÍRITO NATALINO EM TODOS OS DISTRITOS DA CIDADE